24/10/2014 - PMs e policial civil são presos com mercadorias roubadas em MT

Dois policiais militares e um policial civil foram presos na madrugada desta sexta-feira (24), suspeitos de envolvimento em roubo de produtos eletrônicos e eletrodomésticos na região da Estrada da Guarita, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Eles foram flagrados transportando um caminhão carregado com esses produtos roubados. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o policial civil alegou que estava com um material apreendido e iria levar para a delegacia, porém, não comprovou nenhum tipo de ordem de serviço ou documento que demonstrasse que ele estava a trabalho.

 

Foram presos o motorista do caminhão, de 21 anos, o policial civil, de 61, um autônomo de 24 anos, um cabo da PM, de 47 anos e um outro PM de 31. A mercadoria teria sido roubada de um hotel em construção, localizado na região do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande.

O caso foi registrado após a meia-noite, depois que a polícia recebeu uma denúncia de que um veículo havia passado pela região do Bairro do Parque do Lago, em Várzea Grande. A pessoa que denunciou afirmou que as pessoas do veículo estariam armadas.

Os policiais da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) encontraram o veículo suspeito, que estava sendo escoltado por um carro da Polícia Civil, e fizeram a abordagem. O motorista da viatura se apresentou como policial civil e inclusive mostrou documentos oficiais.

Do caminhão desceram um soldado e um cabo da Polícia Militar, além de outros dois homens. Quando foi interrogado sobre o caminhão, o suposto policial civil disse que carregava um material apreendido e estava indo para a delegacia onde registraria o boletim de ocorrência.

Porém, os policiais perguntaram ao policial civil se ele tinha alguma ordem de serviço, ou se os chefes dele sabiam dessa ocorrência e o suspeito disse que não. No interior do caminhão os policiais encontraram 55 televisores, notebooks, geladeiras, 24 frigobares e liquidificador.

O grupo também não tinha nenhuma nota fiscal e alegou que o suspeito que estava com os produtos fugiu no momento em que o policial civil fez a abordagem. Na viatura do policial a Rotam encontrou porções de pasta base de cocaína e um cheque no valor de R$ 1,6 mil. Além dos produtos a Rotam apreendeu um revólver calibre 38 e uma pistola 0.40.

Os cinco suspeitos foram presos por roubo, formação de quadrilha, tráfico de drogas e porte ilegal de arma e foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Várzea Grande. Segundo os policiais civis, o motorista do caminhão foi visto pelas câmeras de monitoramento do hotel em construção.

Os materiais teriam sido descarregados durante o dia e foram roubados pela quadrilha. Os suspeitos ainda estão sendo ouvidos pelo delegado de plantão na manhã desta sexta-feira. Conforme a PM, a pessoa que teve os produtos roubados se apresentou na delegacia e e reconheceu os produtos roubados.

 

Denise SoaresDo G1 MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário