24/11/2017 - Governo de MT recua de mudar nomes de escolas em Luciara e Arenápolis

24/11/2017 - Governo de MT recua de mudar nomes de escolas em Luciara e Arenápolis

Após uma enorme polêmica, diversas críticas e questionamentos por causa da  troca do nome de duas escolas de Mato Grosso que homenageavam políticos ligados a períodos de ditadura no Brasil, o governo de Mato Grosso recuou da proposta. 

As unidades que tiveram os nomes alterados via decreto foram a Escola Estadual Humberto Castelo Branco, no Município de Luciara que passaria a ser chamada de 10 de Maio e a Escola Estadual Senador Filinto Muller, em Arenápolis que teria como novo nome: Onze de Agosto.

Agora, por meio de nota, a Seduc explicou que os decretos serão revogados.

Confira na íntegra

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre a alteração de denominação das unidades escolares de Mato Grosso, a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) informa que:

1 - Serão revogados os decretos que mudaram os nomes das Escolas Estaduais Castelo Branco, em Luciara, e Senador Filinto Muller, em Arenápolis;

2 - A Seduc convidou a comunidade escolar, por meio dos Conselhos Deliberativos da Comunidade Escolas (CDCEs) para revisar, de forma democrática, a indicação do Ministério Público Federal (MPF) para as mudanças dos nomes;

2 - Em assembleias realizadas nos dias 16 e 21, por votação unânime, as comunidades decidiram manter os nomes originais das unidades escolares;

3 - As atas das votações já foram encaminhadas para a Seduc e o decreto de alteração deverá ser revogado nos próximos dias;

4 - Ressalta-se ainda que a alteração inicial visou atender a uma recomendação do MPF, que por meio de um inquérito civil, cobrava o cumprimento da Lei Estadual nº 10.343 de 1º de Dezembro de 2015;

5 - A Seduc reafirma que no momento não há nenhum processo de mudança de denominação de unidades escolares em andamento e que qualquer alteração será amplamente debatida com a comunidade. Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc)

 

FONTE: Gazeta Digital

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário