24/12/2015 - Crise chega a MT e governo cria novo calendário de pagamento aos servidores

24/12/2015 - Crise chega a MT e governo cria novo calendário de pagamento aos servidores

Devido a grave crise financeira enfrentada pelos 27 estados da Federação, o secretário estadual de Fazenda de Mato Grosso, Paulo Brustolin, vai anunciar nas próximas horas, em entrevista coletiva, novo cronograma de pagamento do funcionalismo público. Ao contrário dos anos anteriores, o mês de dezembro será liberado no dia 10 de janeiro, e não em 31 deste mês.

 

A medida visa assegurar o pagamento da folha salarial em dia aos mais de 100 mil servidores da ativa, aposentados e pensionistas. “Esse novo calendário foi a única forma de pagar a folha em dia. Do contrário, Mato Grosso teria que seguir o mesmo caminho dos demais estados brasileiros e atrasar o pagamento dos nossos funcionários”, revelou uma fonte ao O

DOC.

 

Paralelo a esta dura medida financeira, ODOC apurou com exclusividade que o governador Pedro Taques (PSDB), para salvar o tesouro, determinou afinco da equipe econômica na apresentação do Programa de Demissão Voluntária (PDV) aos servidores públicos, além, de exigir novas demissões de cargos comissionados. “Já cortamos na carne no início do ano. E agora vamos atingir o osso e trabalhar, em 2016, com apenas 20% da estrutura de cargos em comissão”, adiantou a mesma fonte.

 

Outra determinação expressa de Taques a equipe econômica recai sobre o orçamento do próximo ano que será contingenciado por, pelo menos, 60 dias do ano que vem. “A princípio vamos fechar o cofre pelos próximos dois meses, e se for necessário, devemos ampliar para arrochados 90 dias de contenção”, afirmou.

 

Com a chegada da crise financeira em Mato Grosso, a atual gestão vai controlar gastos mínimos como compras e aquisições de até R$ 7 mil, suspender empenhos a partir de 1º de janeiro e ainda implantar sistema de redução de jornada de trabalho durante todo o primeiro semestre de 2016. “Estamos fazendo de tudo para enfrentar a crise. Este rigoroso plano de contenção de gastos vai salvar o Mato Grosso e vamos, em breve, apresentá-lo a sociedade”, finalizou a mesma fonte.

 

 

 

O Documento

 

Comentários

Data: 28/12/2015

De: Luccia Roccha

Assunto: Calendário servidores

Ele se mobiliza acreditando que conseguirá mudar a data de pagamento, porém vai se dar mal porque nós vamos nos mobilizar para a greve geral em recusa a essa proposta absurda.

Novo comentário