24/12/2015 - Secretário deixa o cargo e adjunto assume a Segurança Pública

24/12/2015 - Secretário deixa o cargo e adjunto assume a Segurança Pública

O secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque, pediu exoneração do cargo que ocupa desde janeiro de 2015. Quem assume a pasta é o secretário Executivo de Segurança, Fábio Galindo, com liberdade para compor sua equipe.

 

Em ofício encaminhado diretamente ao governador Pedro Taques, Zaque agradeceu a confiança depositada nele e em sua equipe e afirmou que o apoio foi essencial para a construção de uma "nova segurança pública", conforme classificou.

 

O secretário ainda ponderou ter escolhido este o momento para deixar o cargo devido ao término do período de vigência do Acordo de Resultados, documento que contém as metas de ações de Governo para 2015, assinado por ele e os demais secretários logo que assumiram seus cargos em janeiro.

 

Além disso, Zaque também destacou a finalização da elaboração do modelo de gestão da Segurança Pública implantado por ele e sua equipe ao longo deste ano. Baseado nos eixos de regionalização, integração e gestão por resultados, o modelo tem o objetivo de promover a união das forças de segurança resultando em um trabalho integrado.

 

O governador Pedro Taques respondeu oficialmente ao secretário em ofício enviado nesta quarta-feira (23.12), no qual afirma não ter dúvidas de que o convite feito para que Zaque integrasse seu secretariado foi um acerto, dada a experiência acumulada  por ele em área afim a esta ora ocupada, fato que o credenciou para a missão no Governo do Estado.

 

"No passo a passo das ações estratégicas delineadas por Mauro Zaque na Segurança é que pudemos ver a importante atuação dele para o cumprimento do acordo de resultados. Fiz questão de agradecer pessoalmente a ele por ter aceitado o desafio de comandar uma secretaria tão complexa e essencial para melhorar a vida do cidadão. O resultado do trabalho dele foi a consolidação do novo modelo de gestão da Segurança Pública em Mato Grosso", completou o governador.

 

Junto ao documento em que solicita a exoneração do cargo, Mauro Zaque também entregou um relatório de 58 páginas contendo um resumo da  política de Segurança Pública traçada em 2015 e o detalhamento das ações da pasta no mesmo período.

 

 

 

 

Gcom-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário