25/01/2011 09h:06 A 300 metros da Arena da Copa 2014, uma cena lastimável: desperdício de alimentos e lixão no meio da rua

Ainda falta muito para Cuiabá chegar à Copa 2014 em plenas condições de receber milhares de turistas do mundo inteiro e fazer com que estes levem uma boa impressão da capital de Mato Grosso. A pouco menos de 300 metros da Arena Pantanal, um lixão aumenta a cada dia e em pleno meio da rua, onde várias pessoas catam alimentos para matara a fome, sem uma política digna de reciclagem.

As cenas atestam a pouca preocupação dos gestores públicos em relação ao desperdício de alimentos e a falta de conscientização dos feirantes, que também não tomam a iniciativa de se organizar para dar a sua parcela de contribuição à sociedade.

Foto: Fernando Reis

Não há seleção do lixo para reciclagem

Além de ficar próximo ao cenário principal da Copa 2014 em Cuiabá, o lixão fica bem ao lado de uma policlínica. Todo ao alimento é jogado ali pelos feirantes do Centro de Abastecimento Verdão, local administrado pela Prefeitura de Cuiabá.

Até que as obras previstas para a Copa 2014 sejam concretizadas, o lixo aumenta diariamente e já toma conta da rua. Não há containers suficientes para acondicionar o lixo e nem uma foram de seleção para reaproveitamento que atenda o volume de “quebras” (alimentos que não estão apropriados para venda mas que muitas vezes serve para o consumo).

Foto: Fernando Reis

Famílias catam alimentos do lixo para matar a fome

Foto: Fernando Reis

Blog da Sandra Carvalho