25/02/2013 - Pintor é encontrado morto próximo a poste; família crê que foi "fechado"

 

A família do pintor Agmar Alves de Souza, 42 anos, acredita que a morte dele pode ter sido causada por ‘fechada no trânsito’ quando ele retornava de moto para casa. O acidente aconteceu na madrugada de sexta-feira (22).

Agmar estava na avenida Valdon Varjão quando foi encontrado morto após bater num poste.

O motociclista morreu na hora e a moto foi parar doze metros à frente. Um morador que passava pela avenida ligou para avisar o Corpo de Bombeiros sobre o acidente, mas não deu mais detalhes. Os bombeiros quando chegaram já encontraram Agmar sem vida.

A família pediu que a polícia investigue o caso e solicite as gravações das câmeras de segurança das lojas próximo ao local do acidente. Os parentes acreditam que ao ser fechado, ele jogou a moto para direita e desequilibrou numa área solta no asfalto e saiu de pista.

Agmar era casado com a universitária da Faculdade Univar, Naiara, e morava ao lado da Casa da Benção na avenida Joana Cristino Cortes. 

 

Olhar Direto

COMENTÁRIOS

Data: 01/11/2013

De: muiefex

Assunto: オークリー メガネ




Novo comentário