25/03/2014 - Polícia Civil prende em Goiás autor de homicídio foragido de Confresa

A Polícia Judiciária Civil cumpriu, nesta segunda-feira (24.03), em Israelandia, no estado de Goiás, decretado contra Bruno Rodrigues de Almeida, 25, suspeito do homicídio que vitimou Sebastião Monteiro dos Santos, 63, em Confresa.. A prisão contou com apoio da Polícia de Goiás

 O suspeito Bruno estava foragido desde a prática do crime e há um ano era seu paradeiro era investigado pela polícia de Mato Grosso. Ele irá responder por homicídio duplamente qualificado. O comparsa dele, Odair José do Nascimento, conhecido como “Donizete Gambira”, 43, foi preso semanas após o crime e responde por homicídio duplamente qualificado e posse ilegal de arma de fogo.

 O crime ocorreu no dia 5  março de 2013, na Fazenda Tupaciguara, zona rural de Confresa. Sebastião foi alvejado na face por três disparos de arma de fogo. Conforme as investigações, a vítima foi levada pela dupla criminosa até uma estrada de acesso a fazenda onde foi executada.

Segundo uma testemunha que esteve com a vítima momentos antes da sua morte, a vítima teria dito que tinha que ir embora porque ainda iria se encontrar com o acusado “Donizete Gambira”.

Um conjunto de provas aponta a autoria para Odair, como as marcas de pneus encontradas no local que, segundo a perícia preliminar, coincidirem com os pneus do veículo do suspeito e imagens de câmera de segurança que registraram o momento em que o mesmo veículo fez o trajeto da estrada que dá acesso ao local do crime, próximo ao horário da execução, demorando apenas nove minutos entre a ida e o retorno.

Em buscas na fazenda do investigado foram localizados dois revólveres, um de calibre 22 e o outro, calibre 38 e várias munições dos mesmos calibres. Durante o interrogatório, na Delegacia de Confresa, o acusado apresentou várias contradições sobre o dia do crime e apontou o nome de “Bruno” como autor do crime.

Segundo o delegado de Confresa, Michael Mendes Paes, as investigações continuaram em buscas do segundo suspeito. “Ele foi investigado como a outra pessoa que participou da execução da vítima, e foragiu da cidade logo após o crime”, disse.

Recentemente, uma denúncia anônima revelou que Bruno estaria na casa de seus familiares na cidade de Israelandia, em Goiás. Michael solicitou apoio policial no estado vizinho, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão. Segundo o delegado a motivação do crime foi uma cobrança de dívida que a vítima fez a Odair, esta contou com o auxílio de Bruno para a prática do homicídio.

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário