25/04/2013 - Pela 2ª vez, Ager notificará empresa de transporte; multa será aplicada

O presidente da Agência de Regulação dos serviços Públicos Delegados (Ager), Carlos Carlão (PSD), garante que já notificou, na semana passada, a empresa Nagib Saad para que melhore o serviço prestado aos usuários do transporte do itinerário Cuiabá/Santo Antônio de Leverger. Segundo ele, a empresa tinha até hoje (24) para sanar os problemas. “Medidas como multas e até a substituição da empresa podem ser tomadas caso não sejam cumpridas as melhorias”, enfatizou Carlão, em resposta à situação precária do transporte intermunicipal, denunciada por moradores por meio do RDNews.

 

O presidente da Ager disse ainda que nesta quinta (25) será feita outra intimação para que a empresa melhore a condição dos ônibus. Além das benfeitorias, a Agência exige o cumprimento dos horários do transporte intermunicipal. A empresa, por sua vez, alega que trabalha no “vermelho” e, por isso, a situação perdura. O social-democrata, no entanto, ressaltou que convocará uma reunião com representantes da Nagib Saad a fim de cobrar uma solução para o impasse.

 

O problema é que a empresa não tem interesse em melhorar o serviço porque, a qualquer momento, pode perder a autorização para explorar a linha. Ocorre que ela atua por meio de contrato precário, enquanto o Estado não consegue obter o aval da Justiça para formalizar o resultado de processo licitatório que sagrou a empresa Nova Integração como vencedora. O imbróglio existe devido ao efeito do Plano de Outorga estar suspenso. A Procuradoria-Geral do Estado já recorreu e tenta reverter à situação.

 

Justiça suspende plano de outorga da licitação da Ager-MT

 

Carlão também confirmou ter recebido ofício enviado pelo prefeito de Santo Antônio de Leverger, Valdir Ribeiro (PT), no qual expõe as péssimas condições dos veículos que opera a linha intermunicipal e que tenta sanar os problemas. No documento, o petista mostra que os veículos são verdadeiras “sucatas” e colocam em risco a vida dos usuários que utilizam diariamente os serviços. Um dos veículos, inclusive, pegou fogo esta semana.

 

Tarso Nunes

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário