25/06/2013 - Justiça suspende expediente no Fórum de Nova Xavantina por causa da revolta dos índios

O doutor Marco Antonio C. S., suspendeu o expediente do Fórum de Nova Xavantina em razão da ameaça de invasão do Fórum e iminente risco a integridade física dos servidores, advogados e das pessoas que frequentam o local.

 

Os índios estão, neste momento, reunidos na praça central da cidade de Nova Xavantina, aguardando a decisão no pedido de revogação da prisão, e prometem invadir o Fórum e a cadeia pública caso o índio Aurélio não seja posto em liberdade até as 15 horas de hoje.

 

O doutor Caio, ilustre Promotor de Justiça já manifestou no pedido de revogação e o processo está com o Juiz para prolatar a decisão no citado pedido, deferindo ou indeferindo o pedido de soltura.

 

A Policia Militar reforçou o contingente de policiais na cidade, onde se encontra, inclusive, o Coronel Jorge Luiz.

 

Escrito por Dr Wande Alves Diniz

Comunicação

Data: 28/10/2013

De: gosgoqgk

Assunto: Lululemon Yoga57510


Data: 28/10/2013

De: assworxyy

Assunto: Lululemon Outlet Online50436


Data: 28/10/2013

De: andombuu

Assunto: Lululemon Outlet Online37240


Data: 26/06/2013

De: Brasileiro.

Assunto: Prisão de Xavavante infrator.

O poder público (JUDICIÁRIO)deveria fazer estes parasitas cair fora e trabalhar para suas sobrevivência . Até quando vamos ter que sustentar esta turma de desordeiros? Além de terem que devolver as terras ocupadas por eles na região de Campinápolis ; Matinha ; Areões ; Paredão ; e outros já que a Suiá foi dado a eles. A prole está crescendo , e as despesas aumentando, e Eles não produzem nada senão meninos e confusão. Tá no tempo desses caras comprarem um desconfiômetro para cada um , tolerância tem limite.

Data: 25/06/2013

De: CARLOS

Assunto: INDIO PRESO

MUITO BEM SENHOR JUIZ,SE LEI E PARA TODOS..ENTÃO QUE SEJA.


Agora eu não intendi essa do promotor..O doutor Caio, ilustre Promotor de Justiça já manifestou a favor , no pedido de revogação e o processo está com o Juiz para prolatar a decisão no citado pedido, deferindo ou indeferindo o pedido de soltura.



Novo comentário