25/06/2015 - Governo inaugura 10 leitos de UTI

25/06/2015 - Governo inaugura 10 leitos de UTI

Durante inauguração de 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Rondonópolis (215 km ao Sul), o governador Pedro Taques relacionou uma série de ações em prol da saúde pública em Mato Grosso. Entre elas está a inauguração de 20 novos leitos de UTI em menos de 20 dias, a aplicação por parte do governo de R$ 2 milhões mensais no Hospital São Benedito e a garantia do repasse de outros R$ 50 milhões para a obra do novo Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá. 

 

Taques também comentou que três modelos de gestão dos hospitais regionais são avaliados para o Estado. Um deles é o das próprias Organizações Sociais de Saúde (OSS), que tem funcionado bem em Rondonópolis e em Cáceres. “Não podemos generalizar. Tem OSS que não passava de picaretagem. Em Várzea Grande foram contratados 9 mil procedimentos de alta complexidade e apenas 324 realizados, segundo o Tribunal de Contas do Estado. Em Colíder e Sinop, os hospitais estão sob intervenção. Renovamos o contrato com a OSS em Rondonópolis e temos certeza de que estamos no caminho certo para melhorar a saúde da região Sul”. 

 

Outros dois modelos de administração avaliados são os consórcios regionais e a criação de uma Empresa de Administração Hospitalar Pública. Os 14 municípios que compõem o consórcio de saúde Teles Pires se reuniram e devem fazer a administração dos hospitais regionais de Sorriso e Sinop. Juntas, as duas unidades recebem cerca de R$ 110 milhões anuais para funcionamento. 

 

“O cidadão quer ser bem atendido, com resolutividade, e é isso que estamos buscando. Já repassamos R$ 86 milhões atrasados aos municípios e quase R$ 9 milhões são para Rondonópolis. Estamos investindo na saúde, mas sabemos que precisamos melhorar muito ainda”, destacou o governador. 

 

O prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz, agradeceu a entrega dos novos leitos e também aproveitou para reivindicar mais investimentos na alta complexidade, um dos principais gargalos da saúde pública na região Sul. 

 

O secretário estadual de Saúde, Marco Bertúlio, comentou que busca implementar serviços no Hospital Regional de Rondonópolis e na Santa Casa de Misericórdia, que também atende ao SUS, e destacou que a Secretaria de Estado de Saúde (SES) deve injetar aporte de recursos no consórcio regional da região para a contratação de mais exames. “Isso vai garantir que as pessoas sejam atendidas onde elas moram. A partir de 30 de julho o novo equipamento de tomografia deve começar a funcionar no Hospital Regional”. 

 

Participaram da solenidade de entrega os deputados estaduais Max Russi e Zé Carlos do Pátio, o presidente da Câmara Municipal de Rondonópolis, Lourisvaldo Manuel de Oliveira (Fulô), e o diretor do Hospital Regional Giovani de Freitas. 

 

Investimentos em Rondonópolis 

O governador também apresentou à população de Rondonópolis alguns investimentos que estão sendo realizados na cidade. Ele disse que em menos de 15 dias o município terá a licença ambiental para início das obras da ponte sobre o Rio Vermelho, no prolongamento da Avenida Lions Internacional, permitindo o acesso ao distrito industrial, hoje realizado apenas por uma ponte. 

 

Taques também anunciou que deu a ordem de serviço para as obras da pista dupla da Avenida Rio Branco. Uma das pistas já está asfaltada por meio de um trabalho da prefeitura. Ele também lembrou do pedido feito pelo prefeito Percival Muniz no dia 18 de março quando foi solicitada a pavimentação dos distritos industriais. O pedido ainda está sob análise. 

 

O governador lembrou que Rondonópolis já recebeu R$ 1 milhão em recursos do Fethab, R$ 8,3 milhões para a saúde (entre valores atrasados e deste ano), três parcelas de R$ 535 mil de transporte escolar atrasados e mais três parcelas de R$ 98 mil este ano.

 

 

 

 
RONDONÓPOLIS

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário