25/06/2015 - Pai chora a morte do cantor Cristiano Araújo: 'Será que Deus existe?'

25/06/2015 - Pai chora a morte do cantor Cristiano Araújo: 'Será que Deus existe?'

O pai do cantor Cristiano Araújo, de 29 anos, lamentou a morte do filho após um acidente de carro na BR-153, em Goiás. "É uma tristeza muito grande. Será que Deus existe? Todos os dias faço uma oração pedindo que Deus acompanhe ele nas viagens. Entro no carro ou no avião e faço uma oração. Eu não estava com ele ontem? Será que Deus existe?", disse ao G1 José Reis de Araújo.

Irmã do cantor, Ana Cristina de Melo também falou sobre a tragédia. "Não acredito nisso. Meu irmãozinho do coração", afirmou.

 O acidente aconteceu na madrugada desta quarta-feira (24) altura do km 614 da rodovia, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás. Além de Cristiano, a namorada dele, Allana Moraes, de 19 anos, também não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Cristiano Araújo chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), mas a informação da morte foi confirmada por volta das 8h30. Chorando, amigos e companheiros de banda do cantor tentavam se confortar na porta do hospital.

O velório foi no Ginásio Goiânia Arena, na capital. O horário ainda não foi definido, pois depende da liberação do corpo do sertanejo.

Cristiano Araújo (Foto: Divulgação)Cristiano Araújo voltava de show em Itumbiara
quando sofreu acidente (Foto: Divulgação)

O acidente
Segundo o Corpo de Bombeiros, o sertanejo voltava de um show em Itumbiara, no sul do estado, por volta das 3h30, quando veículo em que ele estava, um Range Rover, saiu da pista e capotou.

Além do cantor e da namorada, outras duas pessoas estavam no carro, sendo outro empresário e o motorista. Segundo os bombeiros, eles sofreram ferimentos leves e também foram encaminhados a um hospital na capital.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que as causas do acidente ainda são apuradas. “Fizemos um levantamento no veículo, que é do ano de 2015, e ele estava em perfeitas condições. A suspeita inicial é que o motorista tenha dormido ao volante, mas tudo isso ainda é devidamente apurado”, afirmou o inspetor Newton Moraes.

Segundo o empresário do cantor Antônio Pereira dos Santos, o sertanejo costumava viajar com um motorista particular para que "pudesse dormir após o show e não precisasse dirigir". Ele ressaltou, ainda, que o condutor "é experiente e acostumado a guiar de madrugada".

Irmã de Cristiano Araújo chora a morte do cantor Goiás Goiânia (Foto: Sílvio Túlio/G1)
Irmã de Cristiano Araújo (ao centro) precisou ser amparada na porta de hospital (Foto: Sílvio Túlio/G1)

Shows
Na última terça-feira (23), o cantor publicou em sua página no Instagram uma mensagem dizendo que estava partindo da Bahia, ao lado na namorada, com destino a Itumbiara. Após o acidente, muitos fãs comentaram na imagem sobre o ocorrido e mandam mensagens de solidariedade ao cantor.

O próximo show de Cristiano Araújo estava marcadado para acontecer na noite desta quarta-feira em Caruaru, em Pernambuco. No sábado (27), ele se apresentaria na Praia de Iracema, em Fortaleza, no Ceará.

Banda de Cristiano Araújo chora a morte do cantor Goiás Goiânia (Foto: Sílvio Túlio/G1)Banda de Cristiano Araújo chora a  morte do cantor (Foto: Sílvio Túlio/G1)

Trajetória

O goiano foi "cantor por natureza" já que a música está há quatro gerações na sua família, desde seus bisavós, avós, pais e tios,

Segundo o perfil de seu site oficial, aos seis anos ele ganhou seu primeiro violão, no qual fez seus primeiros acordes, e aos nove, começou a se apresentar em público.

Aos 10 anos fez sua primeira composição e aos 13, gravou seu primeiro CD com cinco músicas. Continuou com sua carreira solo até os 17 anos, quando resolveu cantar em duplas, em um período que durou cerca de seis anos.

Em 2010, resolveu seguir de fato carreira solo, preparando a gravação de CD e DVD com participações de vários artistas. Em janeiro de 2011, o projeto foi concretizado, com a ajuda de grandes cantores e amigos, como Jorge (da dupla Jorge e Mateus), Gusttavo Lima, Humberto e Ronaldo, entre outros. Foi aí que ele estourou em 2011, com a música "Efeitos", gravada com o também sertanejo Jorge, da dupla Jorge e Matheus.

 

 

Escrito por Fernanda Borges e Sílvio Túlio Do G1 GO

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário