25/07/2011 - 08h:15 MT 130 receberá investimentos que podem ultrapassar a R$ 200 milhões

O Governo do Mato Grosso publicou no DOE – Diário Oficial do Estado no último dia 15, a assinatura do contrato de concessão da MT 130, pelo prazo de 28 anos, permitindo que a Morro da Mesa Concessionária S.A. faça investimentos de recuperação e melhoramentos da rodovia no trecho de 122 quilômetros entre, Rondonópolis e Primavera do Leste.

A empresa concessionária terá um período de até seis meses, para implantar os denominados Serviços Preliminares, dotando a rodovia de condições de trafegabilidade com segurança, sem buracos, com sinalização vertical e horizontal, substituição de placas danificadas, com socorro médico e mecânico, limpeza da faixa de domínio e outras ações que garantam a qualidade do trânsito.

Com o cumprimento dessas exigências e a realização das Obras Preliminares, em até seis meses, a concessionária poderá dar início à cobrança do pedágio que será de R$ 3,98, base março de 2009, conforme previsto e aprovado no Edital de Licitação SINFRA nº 014/2009 do estado do Mato Grosso.

Depois deste período, em até de três anos, a Morro da Mesa Concessionária terá que efetivamente realizar os trabalhos de reconstrução do pavimento, construção de terceiras faixas, em locais identificados no edital, acostamento nos dois sentidos, implantando sistema de gestão socioambiental e embelezamento da rodovia.

Está prevista ainda a construção do Centro de Controle Operacional (CCO);  duas Praças de Pedágio;  postos de pesagem, Fixa e móvel;  posto avançado da Polícia Militar; posto de fiscalização da AGER e SINFRA;  bases de serviço operacionais; bases de conservação; estacionamento de cargas perigosas;  e, monitoramento da rodovia, 

No final da concessão todos estes investimentos serão revertidos, sem ônus algum, inteiramente ao estado do Mato Grosso.

Por outro lado, o Estado do Mato Grosso se desonera dos encargos dos investimentos de recuperação e manutenção da rodovia por 28 anos, podendo direcionar recursos para outras áreas consideradas prioritárias como saúde, educação e segurança.

A Morro da Mesa S.A. será responsável ainda pela geração de aproximadamente 700 empregos diretos e indiretos, bem como a implantação de projetos sociais, turísticos e culturais que beneficiarão as comunidades no raio de abrangência da  rodovia.

 A MT 130 sempre foi e continuará sendo a espinha dorsal do desenvolvimento desta região, sendo a grande responsável pelo escoamento da produção, garantido a integração deste importante pólo do estado.

Foi construída há mais de 25 anos e os investimentos destinados a sua manutenção e recuperação nem sempre foram suficientes para a boa utilização estrada com segurança. A conservação deficitária tem contribuído para a elevação significativa dos custos com transporte e produção, bem como foi responsável por acidentes que desestabilizaram famílias e ceifou vida.

 

24 Horas News

Comentários

Data: 25/07/2011

De: Carlos

Assunto: carlos2011@hotmail.com

É PÁ CABÁ!!!! 28anos de concessão...... deve ser uma empresa de politicos só pode.

Novo comentário