25/09/2015 - Mais um estupro na Barra, padrasto ataca enteada de 14 anos

Mais um estupro de menor foi registrado em Barra do Garças nesta quinta-feira (24/09). Este é o quinto caso em menos de um mês no município. Desta vez, a vítima é uma adolescente de 14 anos, que ao retornar da escola para casa, foi atacada pelo padrasto no bairro Nova Barra do Garças, perto da Vila Maria.

O agressor aproveitou que estava sozinho com a vítima e a levou para o quarto onde cometeu o ato sexual e depois deixou a vítima trancada. Com muito custo, ela conseguiu destrancar e pulou a janela. A garota saiu nua e bastante machucada pedindo ajuda e foi socorrida por vizinhos que chamaram a polícia.

O padrasto fugiu. A Polícia Militar (PM) com duas viaturas está empenhada no setor para prender o agressor. A adolescente comentou com os vizinhos que já tinha reclamado com a mãe que o padrasto estava se insinuando para ela e infelizmente o pior aconteceu.

Esse é o quinto estupro em menos de trinta dias na cidade de Barra do Garças. Uma dura estatística para a cidade. Infelizmente as vítimas são crianças entre 5 a 13 anos de idade e os agressores são pais, padrastos e até mesmo avô. 

Na terça-feira (22/09), um homem de 31 anos foi preso por molestar a própria filha de 7 anos. O caso só foi descoberto porque ela comentou com as coleguinhas da escola. A garota ainda chegou a ser espancada pelo pai porque denunciou o abuso em que ele tentou fazer sexo oral com a menina.

No dia 01/09, outro homem de 57 acabou na cadeia acusado de estuprar a neta de 13 anos cujo abuso teria começado quando ela tinha dez anos.

No final de agosto, mais dois foram parar na cadeia acusados de abusar de uma menina de 5 e outra de 9 anos de idade e com ato sexual confirmado em exame.

Foram quatro estupros de vulnerável e uma tentativa, uma estatística triste para a cidade. 

 

Araguaia Noticia

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário