26/02/2013 - Estrada entre Chapada e Cuiabá está cheia de buracos e coloca motoristas em risco

 

A rodovia estadual Emanuel Pinheiro (MT-251), que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, está com trechos tomados por buracos. A situação, em uma estrada com grande fluxo de veículos, coloca em risco motoristas e passageiros.

O pior trecho inicia-se logo depois do fim das vias duplicadas, no sentido Cuiabá Chapada, após o trevo de acesso ao Manso. Buracos profundos tomam conta de ambas as pistas e a situação fica ainda mais perigosa quando chove e a visibilidade fica comprometida.

Os motoristas precisam andar em baixa velocidade e em “zigue-zague”, despistando os buracos no asfalto.

No entanto, este trecho, visivelmente comprometido, acaba nem sendo o mais prejudicial. Passando alguns quilômetros críticos, o motorista encontra trechos com o asfalto em condições razoáveis, que permite atingir maior velocidade.

E, então, no meio desses trechos, aparece um ou outro buraco grande e fundo, pegando os motoristas desavisados. Em situações assim, apenas no caminho de ida para Chapada dos Guimarães, foi possível avistar 3 veículos parados com pneus avariados.

Em muitos locais a estrada não possui acostamento, tornando a manobra de descer e trocar um pneu outro fator de alto risco.

Perigosa por si só, a MT-251, com suas curvas sinuosas, torna-se ainda mais preocupante com tantos buracos, dificultando o acesso da capital a um dos principais pontos turísticos de Mato Grosso.

 
Thalita Araújo / Olhar direto

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário