26/02/2016 - Ex-prefeito de Campinápolis é considerado foragido da Justiça

26/02/2016 - Ex-prefeito de Campinápolis é considerado foragido da Justiça

O ex-prefeito de Campinápolis, Joaquim Matias Valadão, é considerado foragido da Justiça há cerca de duas semanas, depois de ser condenado a nove anos de prisão.
 
Valadão foi prefeito de Campinápolis entre os anos de 2000 e 2004. Durante sua gestão, chegou a ser afastado do cargo, sob a acusação de irregularidades na administração.
 
De acordo com o Ministério Público Estadual (MPE), o político responde a diversos processos por crimes contra a Administração Pública. A maioria das ações tramita na Justiça estadual e uma delas, na federal.
 
O MPE informou que o ex-prefeito havia ficado preso em regime fechado durante dois anos, em razão de condenações na esfera criminal, referentes à má administração pública.
 
No entanto, depois de cumprir parte da pena, conseguiu que a prisão fosse alterada para o regime semiaberto.
 
Há cerca de duas semanas, a Justiça julgou outra ação penal movida contra Valadão, na qual ele é acusado de ter dispensado indevidamente licitações durante 16 vezes, incluindo em uma aquisição de alimentos para o Município.
 
Na ação, a Justiça condenou o ex-prefeito a nove anos de prisão. Porém, a defesa recorreu da determinação, mas o Tribunal de Justiça confirmou a sentença da 1ª Instância e manteve o período de reclusão.
 
A prisão foi determinada no início de fevereiro. Segundo o MPE, desde então, Valadão desapareceu e é considerado foragido.

 

 

Vinícius Lemos - Mídia News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário