26/04/2011 - 17h:35 Polícia Militar prende três suspeitos de matar capitão

Latrocínio aconteceu no bairro Jardim Imperador, em Várzea Grande

A Polícia Militar deteve, há poucos minutos, três suspeitos de terem participado do latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou o Capitão PM Celino da Costa Sampaio, de 50 anos, morto com um tiro durante um assalto em frente de sua casa, no Jardim Imperador, em Várzea Grande.
Uma guarnição da PM localizou uma Chevrolet Montana, no bairro 1º de março, em Cuiabá. Após abordagem, os policiais prenderam Gleidson dos Santos, de 20 anos, Sander Rodrigues Nascimento Flores, de 20, e Wesley Henrique Machado, de 18 anos. Dois deles já foram reconhecidos como participantes do crime. O outro pode ter dado cobertura.
Um revólver calibre 38 também foi apreendido com os três suspeitos. Além disso, a Polícia também encontrou R$ 700 em espécie. Ainda não há confirmação de que o dinheiro é fruto do assalto que acabou vitimando o capitão da PM.
Segundo o relato de testemunhas, Celino foi cercado por dois homens que chegaram numa motocicleta Yamaha 300 preta. Um dos ladrões sacou um revólver e exigiu que ele entregasse os R$ 10 mil que ele havia sacado da agência do Bradesco do Porto.
O oficial da PM, que tinha chegado em sua motocicleta Honda, reagiu e entrou em luta corporal com o bandido. Assim que foi sacar sua pistola, o bandido atirou em sua cabeça.
Em seguida, os ladrões fugiram na moto levando o dinheiro e a pistola da vítima. A moto do capitão PM ficou em frente a sua casa. Os bandidos teriam embarcado em outro veículo, nas proximidades.
PMs fizeram rondas pelas proximidades e detiveram os três suspeitos, levados para a Delegacia de Roubos e Furtos (Derrf), pois trata-se de um latrocínio.
De acordo com amigos da vítima, Celino estava de licença-prêmio. Ele planejava fazer uma viagem de férias para Fortaleza, no Ceará.

 

MidiaNew/O Repórter do Araguaia

 

Comentário

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário