26/04/2012 - ABSURDO!!! Assalariado precisa trabalhar 41 dias para pagar ingresso do show de Madonna

 

O trabalhador brasileiro que ganha salário mínimo, atualmente em R$ 622, vai precisar trabalhar 41 dias para pagar o ingresso de R$ 850 que dá acesso ao melhor local do show da pop star Madonna. A cantora se apresenta em dezembro no Rio de Janeiro (1º), São Paulo (4) e Porto Alegre (9), com preços a partir de R$ 170.
 
Após problemas iniciais com o Procon, as vendas para o público em geral — para quem não é do fã-clube oficial ou não possui o cartão de crédito com a bandeira do patrocinador — começaram pela internet e telefone nos primeiros minutos desta quarta-feira (25) e seguem em horário comercial nos pontos de venda credenciados.
 
Após quatro anos, Madonna volta ao Brasil com ingressos mais caros do que a inflação acumulada no período. De acordo com cálculos da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças e Contabilidade), o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), considerado a inflação oficial do País, acumula variação de 24% de dezembro de 2008 a abril de 2012. No entanto, para a apresentação deste ano, os ingressos subiram 42%. 
 
Em 2008, quando veio com sua Sticky & Sweet — a turnê mais lucrativa de um artista solo, que arrecadou mais de R$ 766 milhões (US$ 408 milhões) em todo o mundo, o ingresso mais caro valia R$ 600.  O vice-presidente da Anefac, Miguel de Oliveira, fez as contas:
 
— Assim, o ingresso de R$ 600 [preço em 2008], se corrigido pela inflação, de 24%, deveria custar R$ 744. Pulou para R$ 850. Houve um aumento real, já descontada a inflação, de 14,25%. 
 
O valor do ingresso equivale a três cestas básicas em São Paulo, de R$ 273,25 cada, segundo o Dieese. Paga ainda os gastos com energia elétrica de uma família com quatro pessoas por mais de oito meses. 
 
Também é possível arcar com meses de conta de celular com internet 3G e ainda dá para comprar mais de dez Blu-rays com o último show da diva em alta definição — veja mais comparações no quadro abaixo. 
 
— Um assalariado, caso de muitos jovens em início de carreira, vai dedicar 41 dias de trabalho do ano para arcar com os R$ 850. Isso sem mencionar as taxas. Um ano de poupança que será gasto em cerca de duas horas.
 
Procurada, a T4F (Time for Fun), produtora responsável pela venda dos ingressos, explica os reajustes acima da inflação:
—  A composição do preço do ingresso inclui uma série de fatores como produção do evento, cachê do artista, toda a logística do show e aluguel do local onde o espetáculo será realizado.  
 
A empresa culpou ainda a meia entrada pelos altos preços das apresentações da diva no Brasil:
 
—  O Brasil, no entanto, é o único País no mundo em que existe o ingresso de meia-entrada e muitas pessoas têm acesso a esse benefício. Hoje, grande parte do público de um show paga metade do ingresso. Se isso não existisse, certamente os preços seriam menores.
 
Ingresso pode chegar a R$ 1.208
 
Comprar fora da bilheteria oficial (local do próprio show) significa acrescentar mais 20% ao valor do ingresso. Com essa taxa de conveniência, cobrada de quem faz a reserva por internet ou telefone, o preço do bilhete de R$ 850, que dá acesso à chamada “pista premium”, bem em frente ao palco, salta para, no mínimo, R$ 1.020. 
 
Essa diferença, de R$ 170, é suficiente para comprar outro ingresso, o da arquibancada, que exige binóculos. E as taxas não param por aí: o consumidor ainda é obrigado a pagar pelo envio do ingresso a seu endereço. Do contrário, tem a opção de desembolsar R$ 8 fixos para retirada nas bilheterias oficiais. Já são R$ 1.028.
 
O Brasil emergente recebeu preços mais caros do que as apresentações em outras partes do mundo. O poder da economia local ajuda a inflar os preços, o que não tem acontecido no exterior, que passa por crise e altos índices de desemprego.
 
Debochada como sempre, a própria Madonna tentou justificar o alto custo dos ingressos para a imprensa internacional:
 
— Economize os centavos, porque tem gente que gasta US$ 300 com coisas malucas, como bolsas. Então trabalhe o ano inteiro, junte dinheiro e vá ao meu show. Eu valho a pena!
 
 
R7

 

Comentários

Data: 26/04/2012

De: xarope

Assunto: haha

por mim ela pode até cantar nua, por esse valor eu faço uma festa melhor q a dela.kkkkkkkkkkk

Data: 26/04/2012

De: A Tá...

Assunto: Nunca

Desnecessária nada, isso é importante o povo saber, e outra leia e comenta se vc quiser querida, a matéria esta ai e eu achei muito interessante, isso é pro povo saber quanta gente melhor que tem no Brasil, mas não trazer gente de outro país só da isso mesmo, mais adorei a matériaaaa uhuuuu

Data: 26/04/2012

De: É Nós

Assunto: Ingresso

E eu fico a me perguntar: E é obrigado as pessoas participarem de um evento desses? achei a matéria um tanto desnecessária pois num evento como esse só vai quem quer e quem pode, eu por exemplo jamais poderia ir. Então achei uma bobagem qrer colocar q uma pessoa q ganha um salário mínimo vai ao show da madona visto q tem tantas outras coisas muito mais necessária.

Novo comentário