26/05/2012 - Polícia Militar recupera Pick-Up da SESAI que havia sido tomada por índios xavantes; vereador indígena é indiciado

 

Na tarde desta sexta-feira 25 de maio, Policiais Militares apreenderam uma caminhonete L.200 de propriedade da Secretaria de Saúde Indígena – SESAI, que um grupo de índios da Aldeia Pequi da Terra Indígena Areões havia tomado do motorista no sábado 19 de maio, próximo da aldeia.

Segundo informações do motorista que foi vítima da ação Severino, conhecido por Bio (foto à esq.), ele levava uma enfermeira para fazer atendimento na aldeia quando foi abordado por um grupo de índios liderado pelo vereador Ary Maraiho de Nova Nazaré (foto à dir.). O motorista procurou a delegacia de polícia civil e fez o boletim de ocorrência e hoje os policiais encontraram o veículo dentro da cidade de Água Boa quando abasteciam em um posto de combustíveis.

Segundo o Cte. do 16º BPM Ten. Cel. Jorge Luiz de Magalhãesos policiais abordaram o veículo que estava sob a responsabilidade e sendo dirigido pelo vereador Ary, quando houve resistência e foi necessário de reforço policial da PM e da Polícia Civil. “A guarnição da PM informou aos índios que deveriam serem encaminhados ao CISC para a confecção do Boletim de Ocorrência para as providências da autoridade policial. No primeiro momento houve resistência por parte dos indígenas e tivemos que deslocar até o local, dialogamos bastante e cumprimos a determinação trazendo o veículo para o CISC. O boletim de ocorrência foi confeccionado e será encaminhado para a Polícia Civil onde provavelmente vai ser lavrado o competente auto de prisão em flagrante”.  

O delegado regional Antonio Moura Filho indiciou o vereador  Ary Maraiho em flagrante delito pelo crime de receptação. Ele foi ouvido na presença de uma defensora pública e foi arbitrado fiança, mas foi liberado com a intervenção do Poder Judiciário. Certa quantidade de indígenas estava na porta do CISC aguardando o desfecho do caso. A chave da caminhonete L200 que ainda estava em poder do indiciado foi entregue.

Segundo o cacique Carlos da aldeia Campo Alegre o veículo foi pego em forma de protesto porque não tem atendimento quanto às questões de água e que os funcionários indígenas não estão recebendo os salários, a maioria por quase um ano. “Estamos cansados de promessas. O pessoal está passando fome por que não recebe, já deve em todo o comercio”.

 

Para o indígena José Luiz a SESAI só tem investido muito comprado caixões, por que morre muitas pessoas por falta de atendimento básico a saúde.

 

Escrito por Kassu / Água Boa News   

 

 

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário