26/08/2013 - Bando rouba fazenda troca tiros com a PM e está escondido na mata

Cerca de 60 Policiais Militares, sendo 48 da Força Tática estão no encalço de cinco bandidos que após assaltar uma fazenda  na tarde de ontem (24) localizada no pantanal do Itiquira, a aproximadamente 170 km de Rondonópolis, entraram em uma região de cerrado, que pertence a uma reserva ambiental de uma multinacional de esmagamento de soja.

 
Os bandidos antes de entrarem na mata trocaram tiros que os policiais da Força Tática e deixaram para traz uma caminhonete roubada em uma fazenda próxima do local do assalto praticado. Em entrevista ao Site AGORA MT, o capitão Candido da Força Tática, disse que o filho do casal teria entrado em contato com o comando do 5º Batalhão da Polícia Militar (PM) avisando que um bando teria feito seus pais de reféns no assalto, na busca de uma grande quantia de dinheiro que estava guardado na fazenda.  “Saímos acompanhados pelo denunciante em direção à fazenda das vitimas, localizada a cerca de 170 quilômetros de Rondonópolis, quando no caminho nos deparamos com os assaltantes em uma caminhonete L200, demos a meia volta, foi quando se iniciou uma intensa troca de tiros e então chamamos reforços, porém eles recuaram e fugiram em direção a mata, abandonado a caminhonete, mas levando alguns revolveres e pistolas e o dinheiro roubado na fazenda”, explicou o capitão.
 
Na caminhonete L200, que tem registro em Campo Grande foram encontrados mais de três mil munições, oito armas longas e um revólver calibre 22. Segundo informações preliminares esta pode ser a maior apreensão de munição da história de Rondonópolis.
 
Candido acredita que para despistar os policiais e o helicóptero da PM que dá suporte as buscas, o bando ateou fogo na área de preservação.
 

O serviço de inteligência da PM já identificou um dos cinco assaltantes, é um rondonópolitano e os demais provavelmente vieram de Campo Grande, porém o nome do rondonopolitano não foi revelado para não atrapalhar nas investigações. Os policiais descartaram a possibilidade de o bando ser especializado em assalto a bancos, eles acreditam que o bando se uniu apenas para efetuar o roubo. O valor roubado e os nomes das vítimas ainda não foram informados.

 

APREENSÃO
 
Uma guarnição da Força Tática, acompanhada pelo capitão Candido, retornaram a Rondonópolis, por volta das 21h, trazendo as armas e as munições apreendidas, no intuito de resguardar a integridade policial em um possível confronto entre os bandidos para recuperar as armas. As buscas continuam na região e devem ser intensificados na manhã de domingo.

 

 

AgoraMT