26/09/2012 - Polícia Civil prende professor acusado de exploração sexual de adolescente em Rondonópolis

 

Dois homens foram presos em flagrante na manhã de segunda-feira (24.09), pela equipe de investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF), de Rondonópolis (212 km ao Sul). Os presos Fernando Oliveira da Silva, 19, e o professor universitário Sandro Pereira dos Santos, 40, são acusados de exploração sexual de vulnerável de uma adolescente de 15 anos.
 
As investigações iniciaram após denúncia a equipe de investigadores da DERF do desaparecimento da menor, L.C.R.S, no último domingo (23.09). A menor tinha sido vista pela última vez na companhia de Fernando que trabalha como cabeleireiro no salão da avó da menina. O acusado apareceu por volta das 23 horas dizendo não saber do paradeiro da adolescente.
 
Em entrevista com os policiais civis, Fernando apresentou várias contradições e acabou confessando que acompanhou a menor até um hotel localizado na Avenida Fernando Correia da Costa, Centro, local onde a garota ficaria a espera de Sandro.
 
O professor universitário foi detido em companhia da garota quando pagava a conta da hospedagem. Com ele foram apreendidos o recibo do hotel, comprovante do cartão de débito, produtos de higiene pessoal, que comprovavam que o acusado tinha passado a noite com a menor, além dos celulares dos dois acusados.
 
Em vistoria nos celulares foram encontradas mensagens de texto, onde Sandro pergunta a Fernando sobre a chegada da menor.
 
Em depoimento, uma prima da menor, também adolescente de 14 anos relatou que Fernando já havia proposto a ela encontros amorosos com homens maiores de idade e disse que Sandro também já tinha a assediado anteriormente. A testemunha afirmou ainda saber do interesse do professor em manter relações com a prima.
 
Os acusados foram conduzidos para DERF e autuados em flagrante pelo delegado Claudinei Souza Lopes e posteriormente encaminhados a Cadeia Pública local.
 
Assessoria/PJC-MT

Comentários

Data: 26/09/2012

De: obs

Assunto: se ferrou

comeu bem mais arrotou azedo.

Novo comentário