26/09/2013 - Homero se aposenta; Ságuas vai assumir vaga na Câmara Federal

O deputado federal Homero Pereira (PSD) já está aposentado. Ságuas Moraes (PT) e secretário de Educação do Estado tem 30 dias para assumir a vaga na Câmara Federal. A aposentadoria de Homero, que faz tratamento contra um câncer de estômago foi confirmada após avaliações de médicos da Câmara Federal, do hospital em São Paulo onde faz o tratamento e de uma junta médica dos Estados Unidos para onde enviou cópias dos exames para saber do seu estado clínico.
 
A aposentadoria de Homero Pereira foi assinada pelo presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) através do ato da Mesa número 106. Ele terá direito a vencimentos integrais no valor de R$ 26.723,13.
 
Debilitado contra a doença, devido as quimioterapias e radioterapias que está fazendo para debelar o câncer e confiante na recuperação, o parlamentar lamentou ter de se aposentar, mas disse que era necessário para se voltar exclusivamente a sua cura. O parlamentar está afastado desde fevereiro deste ano para tratar um câncer no estômago. Segundo informações apuradas pelo Olhar Direto, amostras de sangue do parlamentar estão sendo enviadas a um hospital nos Estados Unidos para que sejam analisadas formas mais eficazes de combater as células cancerígenas.
 
A medida foi tomada a pedido dos médicos do Hospital Sírio Libanês, de São Paulo, pois os medicamentos utilizados no tratamento quimioterápico não estariam fazendo o efeito desejado.
 
Arrumando as malas – Com a aposentadoria de Homero Pereira, a vaga na Câmara Federal fica para o secretário de Educação, Ságuas Moraes, que nos últimos dois meses se encontrou por diversas vezes com Homero Pereira para acertar a sua ida à Brasília. Na última semana, o secretário da Seduc chegou a comunicar a seus servidores que a mudança para Brasília estaria descartada, uma vez que Homero aguardava a avaliação de médicos dos Estados Unidos e que não demonstrava muito interesse na aposentadoria. Outro problema era com relação aos funcionários de gabinete de Homero Pereira. O parlamentar exigia que todos continuassem em suas atividades, o que não era aceito por Ságuas Moraes.
 
Ságuas já confirmou que fará mudanças e que seu principal assessor em Brasília será seu secretário adjunto na Seduc, Antônio Carlos Ióris. Ambos estão juntos desde os tempos em que Ságuas foi prefeito de Juina. Ele não confirmou se vai levar mais alguns de seus assessores na Seduc.
 
Rosa Neide – Com a saída de Ságuas Moraes, que deve ser oficializada nos próximos dias, o comando da Secretaria de Educação vai passar para a professora Rosa Neide Sandes, que já exerceu a função no início da administração Silval Barbosa.
 
 
Jonas Jozino
Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário