26/09/2015 - Ex-marido mata professora e depois se suicida; ela havia descobrido que ele tinha assassinado a ex-mulher

26/09/2015 - Ex-marido mata professora e depois se suicida; ela havia descobrido que ele tinha assassinado a ex-mulher

Depois de matar a ex-companheira em Juscimeira  na madrugada desta sexta-feira (25.09), Marcelo Rodrigues Fin, 39 anos, se suicidou dentro de uma caixa d’água, no bairro Jardim Esmeralda, em Várzea Grande. A ocorrência foi atendida pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).

 

Em Juscimeira, Marcelo matou a companheira, Maria das Dores Ramos dos Santos, 39, e ainda tentou matar os dois filhos dela, deixando o mais velho, de 16 anos, ferido. O jovem está internado em um hospital em Rondonópolis e o mais novo, de apenas seis anos, está sob os cuidados do Conselho Tutelar.

 

Após o homicídio, já em fuga, trocou tiro com policiais militares e acabou chegando em Várzea Grande vindo a se esconder na casa de uma ex-cunhada, quando policiais da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), que já estavam em perseguição ao criminoso, descobriram o paradeiro dele, que ao avistar a viatura  subiu na caixa d’água e ameaçava se matar.

 

A delegada Anaíde Barros, informou que do lado de fora um Policial Militar e outro da  Gerência de Operações Especiais (GOE) negociavam a rendição do criminoso, que estava com dois mandados de prisão em aberto e fugia do homicídio em Juscimeira.

 

Em determinado momento, o suspeito efetuou o primeiro disparo que acertou seu queixo, cujo projetil transfixou, permanecendo com vida. Cerca de meia hora depois, por volta das 11h30, deu o tiro fatal na cabeça, vindo a óbito dentro da caixa d’água.

 

Para retirada do corpo de dentro da caixa d’água foi solicitado ajuda do Corpo de Bombeiros Militar. A arma de fogo usada no suicídio foi apreendida e estava com um projetil fora da câmera e outro picotado.

 

Contra a mesma mulher, a vítima, Maria das Dores Ramos, o suspeito tinha tentado mata-la há cerca de três meses, em Jaciara. Segundo a Delegacia da Polícia Civil local, Marcelo levou a mulher para passear de carro, quando começaram a discutir e ele passou a agredi-la fisicamente e ainda tentou enforcá-la com as mãos. Depois, trancou a mulher dentro do carro e quando iria empurrou o veículo em uma ladeira, policiais militares apareceram e ele acabou fugindo pelo mato.

 

O homicida e suicida também responde pelo assassinato de outra mulher com quem tinha relacionamento, no Paraná. A vítima, Maria Ligia Siqueira, foi morta com um tiro na cabeça e teve ateado fogo no corpo, em dezembro de 2010. Marcelo Rodrigues chegou a ser preso em fevereiro de 2011, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

 

O corpo da mulher foi encontrado carbonizado às margens da BR 116, na região metropolitana de Curitiba e somente foi identificado depois da prisão do criminoso, na ocasião.
 

Assessoria Policia Civil

Comentários

Data: 26/09/2015

De: serra nova dourada-mt

Assunto: aqui e feio

vereador ligeironho,
profesor ze moura,
se esses forem matar mulher que traia eles, avia mulheres morta dimais.

Data: 26/09/2015

De: UMA PIADA

Assunto: Re:aqui e feio

esse professor e moura (mourão) e o maior cornão do vale do araguaia, sua esposa e forte em bota chifre nele....

Novo comentário