26/10/2015 - Governo lança programas de sustentabilidade

Três importantes programas de sustentabilidade serão lançados nesta segunda-feira (26), pelo governador Pedro Taques. O primeiro deles será a assinatura de um termo de cooperação técnica com a empresa Itaipu Binacional para implantação da metodologia do Programa Cultivando Água Boa, que propõe a adoção de novos modelos de produção em microbacias hidrográfias prioritárias de Mato Grosso, com ações que visam maior preservação dos recursos naturais, como água, solo e biodiversidade.

O Cultivando Água Boa tem o objetivo de minimizar os impactos ambientais já previstos para os próximos 10 a 50 anos, como aumento da temperatura entre 2,5º C e 4º C (na visão otimista), diminuição em 20% - ou mais - no volume das chuvas, o que reduzirá a vazão a vazão dos rios, comprometendo o abastecimento de água para a população e também para os setores produtivos. Seis secretarias estão diretamente envolvidas nesta iniciativa: Meio Ambiente (Sema), Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), Desenvolvimento Econômico (Sedec), Educação (Seduc), Trabalho e Assistência Social (Setas) e Gabinete de Articulação e Desenvolvimento Regional (Gadr). “Nós estamos trazendo esta proposta para Mato Grosso porque já é realidade em municípios do Paraná”, afirma a secretária de Meio Ambiente, Ana Luiza Peterlini.

Outra ação importante, que também ocorrerá na mesma solenidade, é o termo de adesão ao programa Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) junto ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), com a presença do secretário-executivo do ministério, Francisco Gaetani. A A3P consiste em uma proposta de inserir a variável socioambiental no cotidiano e na qualidade de vida do ambiente de trabalho de todas as instituições estaduais. Quatro delas terão ações imediatas: Meio Ambiente, Cidades, Gabinete de Assuntos Estratégicos e Educação. Está no acordo de resultados da Sema oferecer suporte as demais pastas em vários aspectos, entre eles, estão: gestão de resíduos sólidos e perigosos gerados; redução de consumo e reaproveitamento de materiais; combate ao desperdício de energia e de água, cidadania, ética, equidade, segurança e qualidade de vida no trabalho.

Por último, o governador Pedro Taques fará o lançamento oficial do Programa de Educação Ambiental na Agricultura Familiar (Peaaf) e do Projeto Formação de Agentes Populares em Educação Ambiental na Agricultura Familiar, visando o fortalecimento da sustentabilidade no governo do Estado. Esse é um programa do MMA, executado pela Sema, com apoio da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), do Instituto de Terras do Estado de Mato Grosso (Intermat) e de outras três secretarias (Setas, Seduc e Seaf). O projeto o conta com o investimento de R$ 750 mil do Fundo Nacional do Meio Ambiente e em contrapartida das prefeituras,q que disponibilizarão espaço, cozinheiras e transporte.

O principal objetivo do Peaaf é manter os jovens e mulheres no campo, a partir de cursos de capacitações voltadas para conservação da biodiversidade, regularização ambiental, desenvolvimento rural sustentável, agroecologia, comunicação e mobilização social. Ao todo, serão ministrados aulas a respeito de 15 temas ao longo de nove meses para 180 moradoras de assentamentos, comunidades tradicionais e quilombolas mato-grossenses. 

 

 

Rose Domingues/Sema-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário