26/11/2012 - Cerca de 50 índios invadem base da PM para recuperar motos apreendidas

Indígenas foram até a polícia armados com arco e flecha.
Segundo cabo da PM, motocicletas tinham sido adquiridas por meio de 'finan'.

 

Aproximadamente 50 índios invadiram a base da Polícia Militar de Santa Terezinha, a 1.329 quilômetros de Cuiabá, neste sábado (24). Conforme o cabo da PM Eudes Garcia, os indígenas da etnia Karajá foram até o local armados com arco e flecha para cobrar a devolução de duas motocicletas que tinham sido apreendidas por irregularidades. Os veículos foram comprados por meio de financiamento em nome de “laranjas” e não foram quitados. O golpe é conhecido como "finan".

Apenas três policiais encontravam-se na base no momento da invasão. Para conter os ânimos dos índios, o cabo disse que foi necessário efetuar alguns disparos para o alto. "Tentamos conversar com eles e explicar que o 'finan' é irregular. Dissemos ainda que se tentassem levar as motos de lá podem responder a processo judicial", afirmou o cabo.

No entanto, segundo ele, um dos índios, que seria o proprietário da motocicleta, desobecedeu às ordens e levou a motocicleta. Já o outro acatou a recomendação e deixou o veículo no local. "A Justiça deve expedir mandado de busca e apreensão. Se a motocicleta for encontrada, o índio deve ser autuado por roubo", disse o policial.

Depois da invasão e de um deles pegar a motocicleta, os indígenas voltaram para a tribo. Nenhum deles foi preso e ninguém ficou ferido.

 

Escrito por Pollyana Araújo Do G1 MT