26/11/2014 - Policiais militares são investigados por forjar flagrante de tráfico de drogas

Acusados de corrupção e forjar um flagrante por crime de tráfico de drogas, um soldado e um cabo da Polícia Militar no Comando Regional de Cuiabá  são alvos de um procedimento administrativo instaurado pela corporação.

De acordo com a publicação em Diário Oficial do Estado (DOE), que circula na data de hoje (24), os dois militares em julho de 2012 foram até o estabelecimento comercial de R. e avisado que tinham conhecimento  quanto a denúncia que a comerciante havia feito.

Ainda segundo a Portaria 14/2013 instaurada pela Corregedoria da Polícia Militar, os dois policiais ameaçaram a mulher de prisão  e também seu filho como estratégia para que ela retirasse a denúncia.  Sem obedecer à ordem, ainda segundo a Portaria, os dois homens ‘plantaram’ drogas no local para forjar o flagrante.

Como o soldado encontra-se de licença médica e recusa-se a fornecer seu novo endereço para intimação, a PM/MT publicou edital de citação para que ele seja ouvido no próximo dia 1º de dezembro de 2014, na sede do Batalhão de Guardas.

 

 

Da Redação - Patrícia Neves

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário