26/12/2011 - Desaparecimento de estudante vira campanha na rede social para tentar ajudar a família encontrar adolescente

 

O desaparecimento da estudante Maiana Mariano Vilela, 16 anos, chamou a atenção da população e já foi criada até mesmo uma corrente na rede social com a divulgação da foto da jovem para ajudar a família que procura pela menina desde quarta-feira (21). A garota estava na casa do namorado Rogério Silva Amorim, 38, de onde saiu para ir ao banco Itaú sacar R$ 500, na avenida Brasil no bairro CPA, em Cuiabá e desde então não mais foi vista. 
 
Luis Barril e Tarcísio Oliveira foram alguns dos que compartilharam um cartaz contendo imagem de Maiana e os telefones de contato da Polícia Civil para que as pessoas possam fornecer informações sobre o paradeiro da adolescente. O caso deveria estar sendo investigado pelo setor de desaparecidos da PJC, porém as buscas ainda não tiveram início devido ao recesso dos festejos natalinos. 
 
A equipe do Olhar Direto entrou em contato com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, onde funciona o departamento de desaparecidos, e foi informada que os trabalhos devem ser retomados somente no dia 2 de janeiro; até lá as investigações devem continuar paradas. No entanto, a assessoria adiantou que qualquer denúncia a respeito do caso pode ser feita pelo 197. 
 
Portanto, a ajuda da população passa a ser ainda mais importante. A prima da garota, Polyana Martins, enviou um comentário ao site Olhar Direto com um relato sobre o sofrimento da família. Ela conta que o pai veio para Cuiabá desde o dia em que ela desapareceu e revela que a mãe de Maiana havia viajado para passar o Natal com a avó, no Paraná, a quem não via há sete anos. 
 
A prima informa ainda que a jovem desapareceu no mesmo dia em que a mãe viajou. Ela rebate os comentários de que a adolescente teria sido “abandonada” pela família, já que estaria dormindo na casa do namorado. “Estamos numa procura desesperada e o que talvez vocês todos não saibam é que ela (Maiana) não estava jogada”, afirmou.
 
Em entrevista ao Olhar Direto ainda na sexta-feira (23), o namorado informou que a adolescente saiu de casa em uma Honda Biz para ir ao banco. A sogra sentiu falta da garota e ligou no celular dela, que chamou por várias vezes e depois deu sinal de desligado. Rogério ainda deixou os telefones de contato: 3649-4514 e 96077368. 
 
Alguns amigos de Maiana também têm feitos comentários de apoio à família e tentam colaborar com as buscas.
 
Escrito por Aline Marques

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário