26/12/2011 - IFMT oferecerá 461 vagas pelo Sisu em 2012

 

Ao todo, serão 29 cursos espalhados por dez campi.
Estudantes podem consultar vagas disponíveis a partir de segunda (26).
 
A partir do próximo ano o Instituto Federal de Mato Grosso oferecerá 461 vagas em 29 cursos de nível superior. O ingresso será por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), atualmente o mesmo utilizado pela Universidade Federal de Mato Grosso para a captação de novos estudantes. As vagas serão distribuídas entre os campi de Cuiabá, Bela Vista, Cáceres, São Vicente, Pontes e Lacerda, Barra do Garças, Rondonópolis, Juína, Confresa e Campo Novo do Parecis.
 
Desde 2009 o ingresso na maior parcela das instituições de ensino superior públicas ocorre por meio do sistema. Ele também unificou a entrada para os estudantes dos institutos federais. A nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é utilizada durante o processo. Em 2012, o Sisu oferecerá 108.552 vagas em 95 instituições de ensino superior para o primeiro semestre de 2012.
 
A partir desta segunda-feira (26) os estudantes podem consultar junto ao sistema quais as vagas que serão disponibilizadas para 3.327 cursos no país. Já as inscrições para o processo de seleção estão programadas para iniciarem em 7 de janeiro. De acordo com o governo, na comparação com o total de vagas disponibilizadas pelo sistema no primeiro semestre de 2011, a oferta cresceu 30%.
 
Interessados em concorrer às vagas deverão acessar o Sisu a partir da meia-noite do dia 6 de janeiro - 0h do dia 7 - até o dia 12 do mesmo mês. No sistema, o candidato deve escolher duas opções de curso, indicando a sua prioridade. Diariamente, o sistema divulga a nota de corte preliminar de cada curso com base na nota do Enem dos candidatos que pleiteiam as vagas. Durante esse período, o participante pode alterar essas opções se achar que tem mais chances de ser aprovado em outro curso ou instituição.
 
O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 15 de janeiro. Os estudantes aprovados deverão comparecer às instituições de ensino entre os dias 19 e 20 para fazer a matrícula. O participante que foi selecionado para a sua primeira opção de curso é retirado automaticamente do sistema e perde a vaga se não fizer a matrícula. Aqueles que forem selecionados para a segunda opção ou não atingirem a nota mínima em nenhum dos cursos escolhidos podem participar das chamadas subsequentes.
 
A segunda chamada está prevista para 26 de janeiro, com matrículas entre os dias 30 e 31. Caso ainda haja vagas disponíveis, o sistema gera uma lista de espera que será disponibilizadas para as instituições de ensino preencherem as vagas remanescentes. O candidato interessado em participar dessa lista deverá pedir a inclusão entre 26 de janeiro e 1° de fevereiro.
 
Do G1 MT

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário