26/12/2015 - UFC confirma volta de Anderson Silva em luta

26/12/2015 - UFC confirma volta de Anderson Silva em luta

O UFC confirmou oficialmente nesta quinta-feira que Anderson Silva fará a sua volta ao octágono, após cumprir um ano de suspensão por doping, em 27 de fevereiro de 2016, em Londres. Para esta data foi marcada uma luta do brasileiro contra Michael Bisping, cipriota radicado na Inglaterra. O combate, previsto para ter no máximo cinco rounds, foi anunciado pelo presidente do UFC, Dana White, por meio do Twitter da entidade.

Anderson Silva estará liberado para lutar a partir do dia 1º de fevereiro, um ano depois de ter vencido Nick Diaz em luta realizada no dia 31 de janeiro deste ano, pelo UFC 183, em Las Vegas. Dois dias depois daquele confronto, o ex-campeão mundial dos médios acabou sendo suspenso por uso de doping, sendo que ele testou positivo para substâncias proibidas antes e depois da luta.

Julgado pela Comissão Atlética de Nevada, em agosto passado, além de ser suspenso o astro foi multado em 30% do valor da bolsa de US$ 600 mil (US$ 180 mil) que recebeu, perdeu o bônus de US$ 200 mil pela vitória e teve o resultado do confronto transformado em ‘No Contest‘ (luta sem resultado).

Depois de inicialmente se dizer inocente após testar positivo para doping, Anderson Silva admitiu, na audiência realizada em agosto nos EUA, que fez uso de um medicamento para melhora de desempenho sexual. No caso, ele alegou que o medicamento foi lhe dado por um amigo que trouxe o remédio da Tailândia, sendo que a defesa do atleta alegou que um dos suplementes utilizados pelo brasileiro estava contaminado.

A Comissão Atlética de Nevada, entretanto, não aceitou as alegações de Anderson Silva e o suspendeu por ano, mas a punição foi retroativa, a contar pela data de sua luta com Nick Diaz, fato que permite que o lutador esteja em ação novamente em fevereiro.

Agora com a data do seu retorno ao UFC confirmada, Anderson Silva terá sua luta contra Bisping como evento principal do UFC Londres. Inicialmente, estava programado para rival do brasileiro enfrentar Gegard Mousasi neste evento na capital inglesa, mas o UFC optou por mudar seus planos e marcar este combate cuja realização já vinha sendo cogitada nos últimos tempos.

Antes de lutar contra Diaz, Anderson foi superado por duas vezes por Chris Weidman, que tomou o brasileiro o cinturão dos médios em julho de 2013 e depois voltou a superá-lo em dezembro daquele ano, quando o Spider quebrou a perna durante a sua revanche contra o norte-americano. O combate contra Diaz marcou o seu retorno ao octógono, após mais de um ano de recuperação da grave fratura que sofreu.

Anderson tem um cartel de 33 vitórias, seis derrotas e uma luta sem resultado, enquanto Bisping possui 27 triunfos e sete derrotas, sendo uma delas para Vitor Belfort, que nocauteou o adversário em janeiro de 2013, no Brasil. 

 

 

Estadão

Comentários

Data: 27/12/2015

De: Bruna Silva

Assunto: Anderson

Ja tava na hora do nosso campeão voltar!! As derrotas fazem parte do esporte mais ainda sim Anderson silva continua sendo nosso campeão!!

Data: 27/12/2015

De: Sergio nascimento

Assunto: Andersen silva

Ele volta e ganha o cinturão novamento

Novo comentário