27/01/2016 - Estudante que estava desaparecida é achada morta

27/01/2016 - Estudante que estava desaparecida é achada morta

A estudante Gabrielle Moreira Rastrelo, de 15 anos, que estava desaparecida desde o último dia 19, foi encontrada morta em um canavial em Gouvelândia, no sul de Goiás. De acordo com a mãe da vítima, a operadora de máquinas Elaine de Lima Moreira, de 35, a menina saiu de casa usando uma bicicleta para dar uma volta na cidade e não voltou mais.

 

“Ela saiu apenas para passear, por volta das 17h da última terça-feira [19]. Como não voltou para casa, já fiquei preocupada e saímos atrás, mas uma pessoa relatou que a viu pela cidade por das 21h. Depois disso, ela sumiu. Infelizmente, ontem [domingo], encontraram o corpo dela no canavial”, relatou Elaine a reportagem.


Segundo a mãe, o caso foi denunciado à Polícia Civil e os próprios moradores formaram grupos para procurar pela estudante. “Passamos todos esses dias andando dia e noite atrás dela. Percorremos todos os lugares possíveis, até que o corpo foi achado nesse canavial que fica perto de um antigo armazém de grãos. O mesmo local em que a bicicleta e as sandálias que ela usava estavam”, contou.

 

Elaine acredita que a filha tenha sido morta logo após o desaparecimento, pois o corpo já apresentava sinais de decomposição. “Eu não tive coragem de ir vê-la, mas me disseram que ela não apresentava sinais aparentes de violência. Acho que ela foi estuprada e depois asfixiada, mas isso só os laudos vão poder comprovar. Sigo no aguardo deles, pois quero pelo menos saber o que aconteceu com a minha filha”.

 

A mãe pede que as autoridades encontrem o responsável pela morte da filha. “Eu quero justiça. Espero que algo seja feito e que quem matou a Gabrielle pague por isso. Ela era uma menina estudiosa, não tinha nem namorado, e só tinha 15 anos. Foi uma crueldade muito grande”, lamentou.

 

O corpo da estudante foi enterrado por volta das 15h desta segunda-feira (25) em Gouvelândia. A Polícia Civil informou que investiga o caso, mas, até o início desta tarde, nenhum suspeito havia sido preso.

 

 

 

G1 GO

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário