27/02/2012 - Consumidor de Mato Grosso troca etanol por gasolina após reajustes

O mato-grossense prefere abastecer seu veículo com gasolina. A informação foi confirmada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), que atribuiu a migração da preferência do consumidor ao reajuste dos preços, mantendo o custo-benefício da gasolina a frente dos combustíveis concorrentes.

No total, no estado foram consumidos mais de três milhões de litros de combustível em 2011, apontando uma variação de 6,2% de um ano para o outro. O aumento fica acima da média nacional, que se estabeleceu em 3% a mais em relação ao último período de análise, e totalizando 121 bilhões de litros, ainda de acordo com a ANP.

A gasolina, mesmo com as altas tarifas registradas pelo litro em 2011, conseguiu ficar a frente e ser mais vantajosa, comercializando 488,4 milhões de litros. No ano anterior, o consumo foi de apenas 393,8 milhões, registrando um aumento de 24,4% no consumo dos motoristas. Enquanto isso, o etanol hidratado teve uma significativa queda de 19,2%. 

Para saber se a gasolina possui vantagem no desempenho do carro em relação ao álcool deve ser feito um cálculo simples. O uso do etanol somente é vantajoso se o litro custar no máximo 70% do valor do litro do concorrente, já que este consome até 30% a mais em média para rodar a mesma distância.

 

Da Redação - Priscilla Vilela

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário