27/02/2015 - Advogado de Riva entra com novo recurso, agora no STJ

O advogado Rodrigo Mudrovitsch, que defende o ex-deputado José Riva, confirmou que entrou com um novo recurso, desta vez no Superior Tribunal de Justiça (STJ), para tentar reverter a prisão preventiva decretada pela Justiça de primeira instância, em Cuiabá.

Após ter um recurso (habeas corpus) negado nesta quarta-feira (25) pelo desembargador Rondon Bassil Dower Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, a defesa de Riva optou pela instância superior, em Brasília. 

A relatora do novo recurso é a desembargadora Maria Thereza de Assis Moura, da 6ª turma do STJ. 

Ao MidiaNews, o advogado disse que se utilizou dos mesmos argumentos que foram analisados pelo Tribunal de Justiça. 

"Os fundamentos são os mesmos, ou seja: ausência da participação do ex-deputado nos fatos narrado; distância temporal dos fatos, que ocorreram entre 2005 e 2009; e garantia de que o nosso cliente não tentará atrapalhar as investigações", disse.

Mudrovitsch afirmou que respeita a decisão do desembargador Rondon Filho, que negou libertar Riva, mas que não concorda com ele. 

"O desembargador é um homem sério, cuidadoso e que merece respeito, mas não posso concordar com a sua decisão. A prisão preventiva é descabida neste caso, pois acaba sendo uma antecipação de pena", disse.

Clamor popular

O advogado, que tem base em Brasília, também disse que não acredita que um clamor popular possa estar influenciando nas decisões da Justiça em Mato Grosso.

"Prefeito não crer nisso. Não acho que haja um clima da opinião pública possa influenciar um Poder. Sigo confiante na isenção do Tribunal de Justiça", disse.

 

 

Da Redação

Comentários

Data: 27/02/2015

De: ELEITOR

Assunto: RESPONDE VANESSA

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE MATO GROSSO TEM 24 DEPUTADOS.
POR QUE SERÁ QUE NESSE SITE SÓ APARECE NOTICIA DE UMA ?
SERÁ QUE ROLA UM DIM DIM ?

Novo comentário