27/03/2016 - Marinha do Brasil realiza “Operação Celeiro” no Estado de Mato Grosso

A Marinha do Brasil, aproveitando o favorável regime de águas para a navegação nos Rios Paraguai e Cuiabá e, por intermédio do Comando do 6º Distrito Naval, realiza a “Operação Celeiro” no Estado de Mato Grosso,entre os dias 1º e 16 de abril de 2016.

A referida Operação visa à realização simultânea de todas as atividades operativas, inerentes às tarefas do 6º Distrito Naval, na porção norte de sua área de jurisdição, as quais tratam de adestramentos de Operações Ribeirinhas, Operações de Patrulha Naval, Ações de Inspeção Naval, Assistência Hospitalar e Levantamento Hidrográfico. 

Para isto, a Operação conta com a participação de 9 navios; 2 aeronaves; lanchas e viaturas responsáveis pela Segurança da Navegação; apoio conjunto de embarcações do Exército brasileiro (EB) e; tropas do Corpo de Fuzileiros Navais e do EB, totalizando o envolvimento de 800 militares.

As movimentações dos meios navais, aeronavais e das tropas serão iniciadas a partir de 28 de março, quando os navios iniciam suas movimentações, a partir de Ladário em direção às cidades de Cuiabá, Cáceres e Santo Antônio do Leverger. Durante os deslocamentos serão realizadas as Operações de Patrulha Naval e de Inspeção Naval.

A cidade de Cáceres, o ponto central da Operação, concentrará o maior número de militares e de meios operativos, onde será desenvolvido o exercício de Operações Ribeirinhas, em uma área localizada a 45 km ao sul do município, bem como as ações de Assistência Hospitalar, nas localidades ribeirinhas entre Santo Antônio das Lendas e a própria Cáceres.

Com relação à salvaguarda da vida humana nos rios e nos lagos, as ações da Capitania Fluvial do Pantanal, da Delegacia de Cuiabá e da Agência em Cáceres, serão concentradas nas regiões norte e central do Estado, onde serão percorridas as regiões dos municípios de Alta Floresta, Sinop, Juruena, bem como Barão de Melgaço até Porto Jofre e no Lago do Manso.

Quanto à segurança da navegação, nesse mesmo período, o Aviso Hidrográfico Fluvial “Caravelas”, com o emprego de equipamento de tecnologia de ponta, denominado ecobatímetro multifeixe, realizará atualização hidrográfica em 100 km na calha do Rio Paraguai no Mato Grosso.

Em suma, a “Operação Celeiro” será mais uma oportunidade para o Comando do 6º Distrito Naval e para suas Organizações Militares buscarem a manutenção do adestramento e a presença da Marinha do Brasil na região, buscando diuturnamente exercer a sua capacidade de Proteger as Nossas Riquezas e de Cuidar da Nossa Gente.

VISITAÇÃO PÚBLICA

Os seguintes navios estarão abertos para a visitação da população nos dias 2, 3, 9 e 10 de abril, no período de 9h às 18h, na cidade de Cáceres: Navios de Transporte Fluvial "Paraguassu" e “Almirante Leverger”, Navio de Apoio Logístico “Potengi” e os Navios Patrulha “Piratini” e “Poti”.

COLETIVA DE IMPRENSA

O Comandante do 6º Distrito Naval, Contra-Almirante Petronio Augusto Siqueira de Aguiar,estará disponível para coletiva de imprensa, a bordo do Navio de Transporte Fluvial “Paraguassu”, no dia 4 de abril, às 10h. O navio estará atracado na cidade de Cáceres.

A participação da imprensa será coordenada pela Assessoria de Comunicação do Comando do 6º Distrito Naval.

 

Outras fotos:






Ladário, 21 de março de 2016.

Assessoria de Imprensa do Comando do 6º Distrito Naval

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário