27/04/2014 - Geller garante em Porto Alegre do Norte apoio para construção de ferrovia ligando MT ao Pará e Tocantins

O ministro da Agricultura, Neri Geller, manifestou, hoje, durante a 6ª Dinâmica de Empreendedores e Empreendimentos, que acontece em Porto Alegre do Norte,  apoio na implantação da ferrovia que interliga Mato Grosso, Pará, Tocantins e Maranhão. “Com toda a certeza, à frente do ministério podemos ajudar nesse projeto e estamos influenciando também outros eixos de escoamento que são importantes para o país, principalmente para as regiões de produção que envolvem Mato Grosso e o sul do Pará. O deputado Riva já havia me ligado para falar sobre essa proposta de ferrovia e vamos levar ao departamento que acompanha a logística no Ministério dos Transportes e também na secretaria de Portos para que se dê muita atenção”, garantiu Geller.

O ministro revelou que tem conversado constantemente com a presidente Dilma Rousseff (PT) sobre a produção e a logística do Brasil. “Precisamos fazer interligações e essa ferrovia contribui para o desenvolvimento. Não precisa ser necessariamente o governo federal para fazer esse investimento, pois pode-se liberar para a iniciativa privada construir”.

O traçado ferroviário foi idealizado pelo deputado estadual José Riva (PSD), que afirmou que a ferrovia permitirá que mais de quatro milhões de hectares sejam plantados apenas em Mato Grosso. “É a forma ideal para viabilizar o Brasil. Precisamos sair dos portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR), que são verdadeiros gargalos no escoamento de nossa produção e ir para os portos do mar. De forma imediata, a solução é o porto de Itaqui em São Luís (MA), já em operação, representando a alavancada da região Araguaia”.

Durante o evento, o deputado pediu apoio da bancada federal mato-grossense para o aprimoramento da legislação que trata sobre as Parcerias Público-Privadas (PPP) no Brasil. Em Mato Grosso, as alterações no modelo já passam por discussão na Assembleia Legislativa, que aprovou em primeira votação nessa semana, projeto de autoria de Riva que as torna mais atrativa, e menos burocrática e consequentemente, mais eficientes.

“A legislação precisa ser reformulada. Temos investidores americanos, coreanos, japoneses, russos e árabes interessados em construir a ferrovia, mas a burocracia no país impede a agilidade para o início da implantação”, explicou o parlamentar. 

 

Só Notícias

Comentários

Data: 28/04/2014

De: ROGÉRIO

Assunto: OBRAS DO PT.

É de dar nojo esses safados do PT.
Eles nao perdem a oportunidade de falar asneira e ludibriar o povo, que a tudo assiste pacificamente.
Essa ferrovia ja foi inaugurada 2 vezes pela presidenta Dilma, e ainda nem saiu do papel.
Esses safados são tão sem vergonha, que nem autorização para o governador do Tocantins fazer a estrada que liga São Félix do Araguaia-MT à Formoso do Araguaia-TO eles dão.
O povo do baixo araguaia tem o dever moral de dar uma lição nesses mentirosos nessas próximas eleições; pois aqui na terra de Dom Pedro, aparentemente é ele quem manda, e enquanto esse governo PeTralha estiver no poder, nada virá para cá.
Lembrem-se do que esses malfeitores fizeram com seus parentes do Posto da Mata.
O asfalto não veio, muito pelo contrário, aquela película que fizeram ja está se desfazendo.
São José do xingu ficou intransitável por varios dias.
A saúde esta um caos, cade o tal hospital regional de Porto Alegre, admiro dos safados não terem inaugurado ele.
Cade o asfalto de Luciara. Cade o asfalto de Novo Santo Antônio.
Não fizeram nada, absolutamente nada nesses últimos 4 anos.



Novo comentário