27/04/2016 - Caravana Mato Grosso da Integração deixa Bolívia e segue para o Chile

27/04/2016 - Caravana Mato Grosso da Integração deixa Bolívia e segue para o Chile

A Caravana da Integração chegou ao seu último dia na Bolívia, nesta segunda-feira (25.04). Em ato público realizado em Oruro, o governador Pedro Taques falou sobre a importância de tirar a rodovia bioceânica do papel. Para o mato-grossense, além do fator comercial a melhoria da condição humana será o principal legado.

 

“Nós queremos concretizar esse sonho, a pavimentação do trecho de 315 quilômetros da fronteira da Bolívia com Mato Grosso precisa ser priorizada. San Ignacio de Velasco está em uma região turística e precisa se desenvolver”, comentou.

 

Taques afirma que os governadores devem buscar diálogo com o Governo Federal do Brasil e o Governo Plurinacional da Bolívia para mostrar a importância da pavimentação do trecho.

 

“Nós brasileiros temos grande esperança de que este iniciativa se concretize, por isso estamos aqui com empresários, políticos e representantes do setor produtivo. Essa rodovia fomentará a economia dos dois lados da fronteira e vai trazer desenvolvimento, com emprego, renda, mais cultura e fomento ao turismo. Nossa luta é contra o subdesenvolvimento”, comentou.

 

Taques lembrou que só o departamento de Santa Cruz tem 3 milhões de habitantes, um mercado consumidor quase do tamanho de Mato Grosso. Estados vizinhos, mas distantes por fator logístico.

 

O governador do Departamento Autônomo de Ururo, Victor Hugo Vasques, destacou a importância da construção do corredor bioceânico, lembrou os números da produção de grãos de Mato Grosso, avaliando que Oruro possa ser a porta de saída desta produção pelo Pacífico.

 

Primeira etapa

Ao se despedir da Bolívia, o governador Pedro Taques agradeceu ao povo boliviano pelo carinho e atenção dedicados à Caravana da Integração. “Chegamos à capital do Departamento Autônomo de Oruro, fomos recebidos por estudantes e tivemos a oportunidade de falar com empresários. Aqui temos um porto seco que é importante para a região. Todos os empresários que nos acompanham na comitiva estão satisfeitos com as tratativas. É uma viagem cansativa, mas está valendo a pena, seguimos agora para o Chile”, completou.

 

O próximo compromisso da Caravana da Integração é uma visita técnica ao Porto de Patache, em Iquique e visita técnica à Zona Franca da cidade, ambos nesta terça-feira (26.04).

 

 

 

Fonte: AMZ Noticias com Thiago Andrade

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário