27/06/2016 - Estudantes já podem fazer simulado Hora do Enem

27/06/2016 - Estudantes já podem fazer simulado Hora do Enem

Os estudantes agora, diferente do primeiro simulado, terão até as 20h de 3 de julho para a realização da prova do simulado Hora do Enem. Aqueles que se cadastraram terão o tempo de 4h para fazer a prova e o resultado é imediato, permitindo que o aluno verifique se atingiu ou não a nota de corte do curso que pretende fazer e a universidade na qual espera ingressar.

O exame contará com 80 questões, elaboradas no mesmo formato do Enem, de forma a permitir ao estudante que esteja concluindo o ensino médio, na rede pública ou particular, treinar e ganhar ritmo para as provas oficiais, em novembro.

A coordenadora de Ensino Médio da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Célia Margarida de Campos reforça a importância do candidato ao Enem participar do simulado on-line, pois dá oportunidade de aperfeiçoamento e detecção de quais conteúdos precisam ser aprofundados. “A plataforma atende a nossa realidade tecnológica, os estudantes podem fazer a prova de qualquer lugar que possua acesso à internet obedecendo o prazo de tempo estipulado”, afirma.

São cerca de 3 minutos por questão - o mesmo tempo da prova oficial do Enem. São 20 questões e o tempo total de uma hora por caderno.

Os três primeiros simulados, ambos com 4 cadernos de 20 questões, terão um tempo total de 4h. Nos cadernos de 45 questões o aluno terá um tempo de 2h e 15 por caderno. O tempo total nesse caso fica como no exame do Enem, 9h de prova.

Célia destaca que os próximos simulados já têm data. O terceiro simulado acontece em 13 de agosto e contará com 80 questões. Enquanto o 4º simulado, a ser realizado nos dias 8 e 9 de outubro, terá 45 questões por área de conhecimento, com um total de 180 questões seguindo o mesmo modelo do Enem.

O simulado Hora do Enem é realizado pelo Ministério da Educação em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

Destaque

No primeiro simulado, o estudante Rafael Sampaio Rosso de 14 anos, do 2º ano do Ensino Médio Integral da Escola Antônio Epaminondas, superou a média geral do Enem 2015, em todas as áreas do conhecimento. Na área a qual mais se dedica, a matemática, o jovem conquistou 600 pontos, sendo 468 a nota média. Na média geral somou 599 e precisava de pouco mais para conquistar uma vaga no curso de Física Nuclear.

Nascido em Fortaleza, Rafael migrou com a família materna para Cuiabá. É tímido e o seu círculo de conivência compreende a escola de ensino integral e a igreja que frequenta no bairro onde mora, CPA II. Mesmo afirmando que tem o tempo de lazer, no qual joga videogame e assiste séries de TV, Rafael é focado e estuda muito. “Não tenho uma rotina rígida, mas eu sei das minhas responsabilidades. Após executar minhas tarefas eu começo a estudar, faço intervalos, como alguma coisa e volto para os cadernos”, conta.

Apesar da pouca idade ele pretende iniciar o curso superior em 2017. Por isso, o plano é fazer a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como concorrente. Mas caso não consiga suporte financeiro para estudar Física Nuclear, uma vez que o curso não está disponível em Cuiabá, a segunda opção é cursar Engenharia Química na Universidade Federal de Mato Grosso.

Rafael aprovou o simulado e afirma que a iniciativa é muito importante para que os vestibulandos tenham noção de como funciona o sistema e o tempo necessário para fazer cada questão.

Cadastramento

As pessoas interessadas em participar do simulado devem se cadastrar na plataforma de estudos oficial Hora do Enem e aguardar a liberação do simulado on-line, no período de 25 de junho a 3 de julho. Após iniciar o simulado, os estudantes terão até quatro horas seguidas para a conclusão.

Caso encontre problemas durante o andamento do simulado, entre em contato pelo e-mail de suportehttp://horadoenem@geekie.com.br o mais rápido possível ou podem encontrar informações na página http://horadoenem.mec.gov.br/ 

 

 

Aline Coelho, Seduc

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário