27/06/2016 - Criança morre atropelada por ônibus

27/06/2016 - Criança morre atropelada por ônibus

Adrielle Gusmão Padilha, 2 anos morreu na tarde deste domingo (26) após ser atropelada por um ônibus da linha 319, da empresa Pantanal Transporte, no Bairro Nova Canaã, em Cuiabá.

Populares revoltados apedrejaram e destruíram o ônibus. Eles só foram contidos com a chegada da Polícia Militar.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o motorista estava fazendo uma curva para entrar na Rua B, quando subiu na calçada e atropelou a menina. A menor morreu na hora. Após o acidente, o motorista fugiu do local, mas já se apresentou na Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran), onde está prestando esclarecimento.

De acordo com os familiares a criança estava brincando na calçada, quando o motorista fez a curva muito fechada e atropelou a criança. "Ele não conseguiu parar o ônibus e passou em cima da nossa criança", disse a mãe revoltada.

A tia da criança informou que o ônibus saiu de uma principal e entrou na rua em alta velocidade. Minha sobrinha estava na calçada olhando as crianças brincando. "O motorista não parou para prestar socorro, disse que não tinha visto que tinha atropelado uma criança, sendo que as pessoas bateram no ônibus. Ele destruiu a nossa família. Nós queremos justiça”, contou a tia.

A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) foi acionada e coletou os dados para as avaliações. O corpo da criança foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), e deverá ser liberado nas próximas horas.

O delegado, Alexandre Vicente, da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito (Deletran) disse a reportagem do GD que o motorista passou por teste de alcoolemia (bafômetro) e não deu positivo. "O motorista afirmou que não estava em alta velocidade e que havia carros estacionados nos dois lados da pista e não viu a criança". 

Alexandre contou que o motorista deve pagar fiança e responder em liberdade. "Ele não teve intenção de atropelar a criança, foi uma fatalidade". 

Veja vídeowww.youtube.com/watch?v=nltH-clqPGE

 

 

Soraya Medeiros, repórter do GD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário