27/07/2011 - 08h:10 Mulher que sobreviveu a queda de 75 metros em MT recebe alta de hospital

 

Depois de mais de 40 dias de internação, teve alta hospitalar a única sobrevivente do acidente com um caminhão que caiu do Portão do Inferno, localizado na rodovia Emanuel Pinheiro, no Parque Nacional de Chapada dos Guimarães.

O caminhão em que estava Ariane Nogueira Rabelo, de 23 anos, caiu de uma altura de aproximadamente 75 metros. Por conta dos ferimentos, ela passou por três cirurgias e permaneceu boa parte de seu tratamento internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A vítima passou por várias cirurgias para a reconstrução das vértebras, fraturadas durante a queda, além de intervenções cirúrgicas no joelho e na clavícula.

De acordo com as informações repassadas pelo Hospital Geral Universitário (HGU), onde Ariane estava internada, a paciente ainda não se recuperou totalmente do acidente, mais vai continuar o tratamento de casa.

O acidente
Na madrugada do dia 4 de junho, um caminhão com três pessoas caiu no precipício do Portão do Inferno, que fica na região turística de Chapada dos Guimarães. Com o impacto, apenas Ariane Nogueira sobreviveu à queda. O motorista do caminhão e marido de Ariane, Wilson de Sousa Silva, e o filho do casal, um bebê de apenas dois meses e meio, morreram na hora. Porém, ainda não se sabe as causas do acidente.

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.