27/08/2015 - Seis menores são apreendidos acusados de matar garota com 40 facadas em MT

27/08/2015 - Seis menores são apreendidos acusados de matar garota com 40 facadas em MT

Quatro adolescentes envolvidos na morte de uma menor foram apreendidos em investigação da Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar, em Lucas do Rio Verde (354 km ao Norte). A vítima identificada apenas como "Isabela", teve o corpo encontrado por populares, boiando no Rio Verde.

No total, seis adolescentes foram identificados pela participação na execução da adolescente, L.A.S.,15, J.F.B.F., B.E.O.G., I.C.S., apreendidos na terça-feira (26), e A.V. e J. V., ainda não localizados pela Polícia.

O crime aconteceu na tarde de sábado (22.08), na chácara Sacolão, onde mora menor L.A.S., 15, apontado como principal autor do crime. O adolescente e mais cinco menores que estavam na propriedade participaram da ação.

Segundo as informações, a vítima adolescente, tem entre 13 e 14 anos, e é moradora de Alta Floresta. Ela estava há pouco tempo em Lucas do Rio Verde e teria tido um breve relacionamento com L.A.S.

A garota começou a dizer que estava grávida do infrator. Com raiva do boato espalhado pela vítima, o menor e a sua namorada J. F. B. F. decidiram amarrar a vítima em uma árvore para que ela fosse torturada e agredida.

A jovem suspeita, J.F.B.F., estava com raiva da vítima por ter se envolvido com o seu namorado e passou a incentivar os demais adolescentes que estavam na chácara a participar da ação.

Temendo que a adolescente procurasse a Polícia, o menor L.A.S. decidiu matar a vítima. De acordo com a perícia, a vítima foi morta com mais de 40 facadas e teve a cabeça degolada pelos adolescentes. "Quando perceberam que a adolescente estava morta, os menores jogaram o corpo no Rio Verde, onde foi encontrado boiando, na manhã de terça-feira (25)", disse o delegado Rafael Mendes Scatolon.

O corpo foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil passou a receber várias denúncias dos possíveis autores do homicídio. Com base nas informações, policiais civis e militares se deslocaram até a região da chácara de L.A.S. e lá apreenderam quatro dos menores envolvidos no homicídio.

Na Delegacia, os adolescentes confessaram a execução da menor e deram detalhes da ação. De acordo com o delegado Rafael Scatolon, um dos menores foi com os policiais até o local e mostrou a árvore em que a vítima foi amarrada e contou o passo a passo do crime.

As três facas utilizadas para matar a vítima foram jogadas no rio Verde. O exame de necropsia constatou que a adolescente não estava grávida. "Aguardamos o resultado de outros exames e já entramos em contato com a Polícia Civil de Alta Floresta para auxiliar na identificação da vítima", disse Scatolon.

O delegado autuou os quatro adolescentes em flagrante pelo ato infracional de homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel e recurso que impossibilitou a defesa da vítima e irá sugerir a Promotoria da Infância e Juventude internação dos 6 adolescentes envolvidos.

 

 

Assessoria / PJC-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário