27/09/2013 - PSD tem força para ser decisivo em 2014, avaliam lideranças‏


O Partido Social Democrático (PSD) tem força para ser decisivo nas eleições do próximo ano em Mato Grosso e as principais discussões do pleito passarão pela legenda. Essa é a avaliação de lideranças partidárias, que afirmaram durante encontro regional realizado na noite desta quinta-feira (26), na Associação Mato-grossense dos Municípios, em Cuiabá, que o partido sairá mais forte das eleições de 2014.
 
A cúpula do PSD entende que se lançar candidato na majoritária (governo do Estado ou Senado), terá boa participação na disputa e com chances de vitória. Se optar por apoiar candidatura, fortalecerá ainda mais essa chapa e conquista a eleição do postulante em função da representatividade do partido que conta com o vice-governador, dois deputados federais, a segunda maior bancada na Assembleia Legislativa (5 parlamentares), 39 prefeitos, 15 vices e 276 vereadores.
 
“O PSD tem tamanho e força eleitoral, está se preparando para encabeçar chapa majoritária e se decidir não disputar, vai optar pelo melhor candidato. Temos força para sermos decisivos e conversar em qualquer mesa de discussão dos partidos sobre o pleito para o governo e Senado. Os diálogos passarão pelo nosso partido”, afirmou o presidente regional do PSD, vice-governador e secretário de Cidades, Chico Daltro para um público de aproximadamente mil pessoas.
 
Daltro avaliou o cenário político para 2014 e garantiu que o PSD sairá maior do teste das urnas. “Tem partido que toda hora lança candidato. Já o PSD está bem preparado, com a base que está sendo fortalecida e preparada para o pleito eleitoral. Neste momento, discutimos a definição de planejamento estratégico para as eleições proporcionais, definindo os candidatos e avaliando onde este pode expandir. Apenas em 2014, vamos iniciar as tratativas sobre a chapa majoritária, mas tenho certeza que o PSD tem força para liderar uma candidatura, e se for para compor, este postulante será mais fortalecido”, garantiu.
 
Secretário-geral do partido, o deputado estadual José Riva reforçou durante o evento, o compromisso de não disputar as eleições no próximo ano e lembrou que o partido deliberou que as discussões sobre a disputa para o governo e Senado serão feitas em 2014.
 
“Em uma casa, você não começa a obra pelo telhado. Penso que na política não é diferente, devemos iniciar pelo alicerce, ou seja, preparando as bases e fortalecendo as candidaturas proporcionais. Uma chapa forte para deputado federal e estadual credencia qualquer partido a ter boa candidatura na majoritária ou a fazer boa composição, pois os postulantes das proporcionais alavancam esse candidato”, argumentou.
 
Perguntado sobre a eleição majoritária, Riva justificou que o PSD tem grandes lideranças e as bases são as responsáveis pelo fortalecimento dessa candidatura. “O PSD, onde estiver, será o grande vitorioso das eleições de 2014. Se não tiver candidato na majoritária, vai eleger o postulante e se tivermos, seremos fortes concorrentes”.
 
Presidente municipal do partido, o presidente do Centro de Processamento de Dados de Mato Grosso (Cepromat), Wilson Teixeira, disse que o encontro que contou com a participação de 13 cidades é importante para manter a força do partido na baixada cuiabana, preparando para as eleições do próximo ano e recebendo novas filiações. “Tivemos mais de mil pessoas presentes no evento, nossas principais lideranças estiveram presentes, isso mostra que o PSD estará forte nas eleições de 2014, sendo o grande protagonista do pleito eleitoral”.
 
Os encontros regionais devem ser realizados constantemente, na avaliação do presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, João Emanuel, pois além de fortalecer a legenda, novos filiados que podem ser lideranças do partido no futuro ingressam para as fileiras do PSD. “Nascem frutos, mais de 200 pessoas se filiaram somente neste encontro e com perspectiva de serem candidatos e vencer eleição. Na baixada cuiabana, estamos fortes para o pleito de 2014 e teremos aproximadamente 10 candidatos da região”.   
 
ENCONTRO – O encontro regional de Cuiabá foi o sétimo que o PSD promoveu este mês. Nesta sexta-feira (27), o partido se reúne na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Várzea Grande, às 19h. O diretório regional da legenda anunciou na reunião realizada na AMM que pretende ampliar o número de reuniões, promovendo novos encontros em Juína, Alta Floresta, Água Boa e Pontes e Lacerda.
 
Entre os novos filiados, está Leomar Amarante Mota, da cidade de Cáceres e que obteve 11.483 votos na eleição para deputado estadual em 2010. Vindo do Partido Progressista (PP), ele já foi vereador por três mandatos na cidade e presidiu a Câmara Municipal, sendo agora uma das principais apostas do PSD na região.  
 
O defensor-público de Cuiabá, Air Praeiro também assinou a ficha de filiação, juntamente com Reinaldo Loff, secretário-adjunto de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf) e Silbene Lobão, ex-diretora da Sanecap.
 
Todos os presentes também prestaram homenagem ao deputado federal Homero Pereira, que se despediu da vida pública para tratamento de saúde. Com salva de palmas para o companheiro de partido, os participantes do evento rezaram e destacaram o trabalho do parlamentar no Congresso Nacional, principalmente no segmento da agricultura.
 
Posteriormente, foi lançado o site do PSD (psd-mt.org.br) e anunciada a inauguração da sede do diretório municipal que acontece no dia 2 de outubro.
 
Também estiveram presentes no evento o deputado federal Eliene Lima, o suplente de deputado federal Roberto Dorner, os deputados estaduais Walter Rabelo, Pedro Satélite e Airton Português, os secretários de Estado Janete Riva (Cultura), Meraldo de Sá (Sedraf), Valdizete Nogueira (Empaer), os suplentes Luizinho Magalhães e Aray Fonseca, o presidente da AMM, Valdecir Colle, a presidente da Ucmmat, Ismaili Donassan, o vereador Toninho de Souza e o ex-prefeito de Várzea Grande, Tião da Zaeli.

 

 

Da Assessoria/PSD

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário