27/10/2014 - Moradora de MT vai a Brasília pagar promessa pela vitória de Dilma

Bastante emocionada com a reeleição de Dilma Rousseff, a comerciante de Barra do Garças Kelly Cristina Borges de Morais, 45 anos, mostrou com satisfação na noite de domingo a passagem que comprou antecipadamente (ainda no sábado) para ir a Brasília pagar uma promessa pela vitória da petista. 

Kelly pretende se ajoelhar na rampa do Palácio do Planalto, por volta das 11 horas de segunda-feira (27), para agradecer a Deus pela vitória de Dilma. “Eu não só torci como fiz promessa para ele vencer”, conta a comerciante, proprietária do American Burger na avenida Gabriel Ferreira, no bairro Santo Antônio.

A moradora explica que votou em Dilma por convicção. “Eu acredito plenamente que a vida das pessoas melhorou e cito a minha”. Há cinco anos a comerciante tinha um pequeno salão de beleza e hoje ampliou a sua atividade profissional com aquisição de uma lanchonete com cinco funcionários.

Kelly faz questão de frisar que hoje não passa mais dificuldades como já passou antigamente. A comerciante acredita que a população fez a melhor opção em função da política social de Dilma que contempla mais pessoas principalmente dando oportunidade para os mais humildes. “Eu votei na Dilma por causa da Minha Casa Minha Vida, Mais Médico e pela melhoria do povo”, completou.

Ela saiu da lanchonete por volta das 21 horas para pegar o ônibus com destino a Brasília. Ela pretende pagar a promessa por volta das 11 horas de segunda-feira na rampa do Palácio do Planalto e está pronta para aparecer na tv. “Fiz até escovinha”, brincou.

 

Ronaldo Couto

Comentários

Data: 02/12/2014

De: pcqmnhkvd@gmail.com

Assunto: north face jacket womens

Data: 02/12/2014

De: pcqmnhkvd@gmail.com

Assunto: woolrich outlet

Data: 28/10/2014

De: Maria

Assunto: AFFs

Aproveita e faz uma promessa para que a Dilma agora cumpra o que sempre promete e nunca fez!

Data: 27/10/2014

De: marlos

Assunto: nordestino

eles foram contra a mudança e e tao engraçado. que eles nao ficam la . vem aqui pro sul. sudeste e centroeste. sobreviver aqui tirar nosso sossego . nos queremos e trabalhar. temos que mudar dividir esse pais recusar qualquer forma de empregado que venham do nordeste. isso e que temmos que fazer

Data: 27/10/2014

De: rodrigo

Assunto: puxaz

infelismente pra muitas familias que ja nao podem ou se quer tem mais tempo pra fazer um almoço ou um jantar pelo tanto que tem trabalhado e pagado impostos. tem que as vezes engolir um fast food. ums meses e voltaremos a ver a lanchonete dela o que vai virar.

Novo comentário