27/11/2012 - Deputado Henry é condenado 7 anos e 2 meses de prisão

 

O deputado federal, Pedro Henry (PP) foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a 7 anos e dois meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no esquema do “mensalão” e pagamento de multa no valor de R$ 888 mil. 

Henry também foi denunciado por formação de quadrilha, mas acabou sendo absolvido deste delito. Segundo da Suprema Corte, Henry teria recebido, junto a outros parlamentares, R$ 2,9 milhões para votar a favor de matérias do interesse do governo federal no primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
 
O relator do processo do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, fixou a pena de 2 anos e 6 meses de reclusão e 150 dias-multa pela prática do crime de corrupção passiva, conforme proposto pela ministra Rosa Weber. Neste item, votam os ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Celso de Mello. Já pelo crime de lavagem de dinheiro a pena do  parlamentar que atuou como secretário de Estado de Saúde, foi fixada em 4 anos e 8 meses de reclusão e 220 dias-multa.  Dessa forma, a pena total de Pedro Henry soma 7 anos e 2 meses de reclusão.
 
Dos condenados do núcleo político, na qual figura o parlamentar de Mato Grosso, a pena do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu ficou definida em 10 anos e 10 meses, além de multa no valor de R$ 676 mil. O ex-presidente do PT José Genoino foi condenado a 6 anos e 11 meses de prisão, mais multa no valor R$ 468 mil. Delúbio Soares foi condenado a 8 anos e 11 meses, além de multa de R$ 325 mil.
 
Com a pena imputada agora a “briga” é pela cadeira de Pedro Henry. Dois suplentes estão na disputa pela vaga: Roberto Dorner (PSD) e Neri Geller (PP), que devem travar nova batalha judicial. O sucessor natural da vaga de Henry é o suplente Roberto Dorner, agora no PSD. É exatamente essa condição que torna o fato discutível. Progressistas consideram que Dorner  infringiu a lei de fidelidade partidária e deveria perder o direito de assumir a vaga.
 
Redação 24 Horas News 
com Agências