27/11/2013 - Governador anuncia primeiro grande empreendimento têxtil de Mato Grosso

O governador Silval Barbosa anunciou, na manhã desta terça-feira (26.11), a implantação do primeiro shopping atacadista de roupas em Mato Grosso, com um investimento superior a R$ 35 milhões do Grupo Vitória Régia de Santa Catarina. O protocolo para atração e instalação de empresas no empreendimento foi assinado na segunda-feira (25.11), na cidade de Indaial, após uma exposição com participação de 150 empresas da indústria têxtil da região Sul e Sudeste do país.

Silval Barbosa explicou que o protocolo de incentivo é para atração de empresas, sendo que num primeiro momento elas vão expor e, depois, se instalar em Mato Grosso. “Queremos trazer toda a cadeia produtiva da indústria têxtil”, destacou. Como incentivo inicial, denominado pré-operacional, as empresas vão trazer os produtos prontos, porém com o compromisso futuro de produzir no estado, gerando emprego e renda.

No shopping atacadista o consumidor é o varejista, as transações acontecem apenas via CNPJ. O objetivo é atender uma demanda existente de empresários que viajam de Mato Grosso, Rondônia e Pará para comprar no shopping de Santa Catarina. Há pequenos empresários que chegam a ficar uma média de 100 horas em ônibus para abastecer suas lojas. O shopping em Mato Grosso vai diminuir esse tempo e, consequentemente, os custos.

Segundo o governador, a intenção da empresa é estar operando já no final de 2014. Silval Barbosa contou que visitou o Shopping Vitória Régia e pôde constatar ‘in loco’ o poder de atração dos consumidores, que, em apenas um local, encontram fornecedores de toda linha da moda feminina, masculina, infantil; além da linha cama, mesa e banho.

O grupo Vitória Régia vai investir na construção da estrutura para receber as indústrias, que serão objetos de incentivo para se instalar em Mato Grosso. A chegada do grupo no estado representa o primeiro exemplo do desenvolvimento de uma cadeia produtiva do algodão em Mato Grosso, o que irá agregar valor a mercadoria.

Nos últimos anos, o estado tem se destacado como o maior produtor nacional de algodão, a matéria prima da tecelagem. No ano de 2012, o Brasil produziu 1.052 toneladas de algodão e Mato Grosso foi o responsável por 553 toneladas, um pouco mais da metade. Até setembro de 2013, o estado produziu 226 toneladas, respondendo por 60% da colheita em todo o país.

Para transformar a pluma do algodão em uma camiseta, por exemplo, o algodão precisa ser transformado em fios, para depois ser transformado em tecido. De acordo com a Associação Mato-grossense de Produtores de Algodão (Ampa), atualmente 10% da pluma do algodão local é beneficiada no próprio estado, sendo o restante vendido para outros estados e para o exterior em estado bruto.

Além dos tecidos, o algodão também serve de matéria-prima para a produção de outros produtos, como óleo, cosméticos e embalagens.

 

JOÃO BOSQUO E GHILHERME BLATT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário