27/12/2014 - Passageiro relata pânico após avião da TAM decolar de Cuiabá e perder altitude: "foi tenso,muita gente gritando"

Os cerca de 120 passageiros do vôo TAM – 3675, que deixou Cuiabá com destino a Brasília viveram momentos de horror na tarde de hoje, 26.  A aeronave decolou do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, por volta das 17h, mas enfrentou extrema turbulência.

"Achei que iria morrer. Foi, sem dúvida, o pior vôo da minha vida. E olha que eu ando de avião desde criança. Ele subiu e na sequência inclinou para descer, perdeu muita altitude. Foi um momento tenso, só grito dentro do avião”. O relato é do funcionário  público Guilherme Audax, que desembarcou em Brasília e nas próximas horas se prepara para uma novo voo, dessa vez com destino a São Paulo .

 

Guilherme ele relembra que os momentos de pânico não se restringiram apenas  aos minutos iniciais. “O vôo tinha duração de uma hora e quarenta e cinco minutos e posso garantir que pelo menos por uma hora, o medo foi intenso. Balançou demais”, relata.

O servidor público relatou a reportagem que tem como destino final  a cidade de São Paulo onde irá curtir férias, mas pondera que dentro da aeronave imaginou que sua vida ali seria encerrada. “Muita gente gritando, teve alguns que passaram mal, pediam ajuda para os comissários, mas eles não podiam  fazer nada. Todos estavam sentados com os cintos afivelados”.

Após o susto dos minutos iniciais e aproveitando a temporária calmaria, os passageiros se levantaram para pedir instruções, mas logo receberam ordens para que retornassem as suas poltronas. “Os comissários só explicaram que no momento em que se decola é muito perigoso. O comandante não explicou nada. O que chama atenção é que não chovia e nem havia relâmpagos”. "Pelo menos umas dez pessoas ficaram muito mal no avião". 

A reportagem não obteve contato com a TAM para coletar informações sobre o relato do passageiro.

 

 

Da Redação - Patrícia Neves

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário