28/01/2014 - Municípios da Ilha do Bananal prontos para receber turistas

Maior ilha fluvial do mundo, a Ilha do Bananal é banhada pelos rios Araguaia e Javaé. Com 270 km de comprimento e 80 km de largura, nesta época do ano dois terços de suas terras ficam inundadas e repletas de peixes. Municípios localizados na região como São Félix do Araguaia - MT, Luciara - MT, Lagoa da Confusão - TO, Pium - TO e Formoso do Araguaia - TO oferecem vários atrativos aos turistas interessados em pesca esportiva e ecoturismo

 A maior ilha fluvial do planeta está localizada na região oeste do Tocantins e abrange os municípios de São Félix do Araguaia, Luciara, Lagoa da Confusão, Pium e Formoso do Araguaia. Formada pelos rios Araguaia e Javaé, a Ilha do Bananal tem 270 quilômetros de comprimento e 80 quilômetros de largura. Nesta época do ano, dois terços de suas terras ficam inundadas e repletas de peixes. Ao sul da ilha, está a reserva Parque Indígena do Araguaia, onde vivem os índios Karajá e Javaé; e na parte norte está localizado o Parque Nacional do Araguaia.

Conforme o governo do Estado, a região se prepara para receber turistas de todo país, interessado na pesca esportiva e no ecoturismo. Quem visita os municípios de Lagoa da Confusão, Luciara e São Félix do Araguaia, além de conhecer as belezas naturais das cidades, pode conhecer o Projeto Quelônio que visa proteger filhotes de tartarugas ameaçadas de extinção ou descansar nos hotéis fazenda da região. Além de oferecerem boa estrutura de lazer, os hotéis incluem atividades como pesca esportiva, trilhas e passeios à cavalo. Ainda nas cidades, o visitante não pode deixar de conferir diversos roteiros de ecoturismo, como passeios a morros, lagos, rios e pântanos.

Outro município da região, Pium fica a 181 km da capital. Na década de 40, a cidade abrigou um dos maiores garimpos de cristal de rocha do estado e, hoje, uma estrutura de pirâmide coberta de cristais em exposição no centro da cidade relembra os tempos de exploração mineral no município.

Ainda em Pium, às margens do Rio Javaé, encontra-se o Centro Canguçu, local destinado a abrigar pesquisadores na área de projetos ecoturísticos e turistas. Toda a infraestrutura do local está integrada com meio ambiente, proporcionando ao visitante uma profunda imersão na natureza.

Em Formoso do Araguaia, a 327 km de Palmas, o turista pode realizar observação de pássaros e trilhas, tomar banho em lagos naturais. A Mina Azul, piscina natural de águas límpidas e tranquilas, é o lugar ideal para o visitante nadar sossegado, aproveitando a água pura que flui de uma fenda na pedra de calcária.

Cidade que teve início em meados do século XVIII, o rio que dá nome à cidade foi batizado por portugueses, que se encantaram com as belezas naturais da região.

 

 

Comentários

Data: 12/10/2014

De: Ana Rute

Assunto: Pesca de pirarucu e tartarugas pelos indios,

Gostaria de saber se as autoridades tem conhecimento que os indios comercializam os pirarucus e tartarugas de forma inescrupolusa no rio araguaia, mais precisamente em luciara,antigamente caça e pesca era liberada p, ara subesistencia do indio, agora esta liberado o comercio? Atençao ongs esta havendo uma depredaçao total na regiao.

Data: 29/01/2014

De: Elioman Chaves

Assunto: Turismo na Ilha do Bananal/TO

Caro Leitor ao ler esta matéria fique atento para algumas informações:

A ilha do Bananal/TO é maravilhosa quando se pensa e viaja sobre as belezas naturais dos rios, ipucas, lagos, comunidades indígenas Karajá e Javaé.
Mais devemos observar que a ilha vem pedindo socorro em todos os sentidos, esta a mercê de Pescadores Profissionais e Traficantes de peixe o Pirarucú, que pescam cerca de 60 toneladas por semestre, Caravanas e invasores que pescam a tartaruga irregularmente, retiram madeira, desmatam e plantam capim exótico a vegetação da ilha ainda criam gado desproporcional e que causam danos ambientais.
A ilha esta cercada de grandes empreendimentos agrícolas que estão impactan do a ilha, alem de causar danos as comunidades ribeirinhas e indios ali residentes.
Ainda ha o descaso dos órgãos como FUNAI, ICMBio, Estadual e Municipal quanto a preservação da ilha. Não se decepcionem se depararem com tudo isso.
Vamos salvar a maior ilha fluvial do mundo para depois mostrar as belezas!!!!!!!!

Data: 29/01/2014

De: Indio

Assunto: Re:Turismo na Ilha do Bananal/TO

Elioman entende mesmo das coisas falou tudo a ilha esta se acabando.
A Funai e os órgãos ambientais não fazendo nada e os indios depredam colocando gado, pescadores, caravanas para pescarem ilegalmente.
Concordo com tudo isso e para que se faça turismo na ilha deve ser feito algumas providencias para amenizar esses abusos no interior da ilha.
Acordem indios voces podem ganhar mais com o Turismo sem depredar a ilha e sua fauna e flora.
A Ilha esta pedindo Socorrooooooooooo

Novo comentário