28/01/2015 - Taborelli se revolta contra disputa da Mesa por líderes serem manobrados

 

 

O deputado estadual diplomado, Pery Taborelli (PV), por meio das redes sociais, desabafou sobre o descontentamento com a disputa pela Mesa Diretora da Assembleia. Isso porque, segundo ele, os ditos líderes das chapas não conseguem honrar o compromisso e, por isso, preferem ser manobrados pelo governador Pedro Taques (PDT) e pelo presidente do Legislativo, José Riva (PSD), que deixa a vida pública a partir de 31 deste mês.

 

“Vejo que ao sabor de quem é o preferido da vez, segue alegre e iludido fazendo seu grupo, dizendo que é o escolhido. E daqui a pouco de presidente, passa-se a primeiro secretário e na sequência, após reuniões ora com um ora com outro mandatário do Poder, abandona o interesse de fazer parte da Mesa Diretora”, diz trecho do "depoimento".

 

Acontece que a eleição à presidência da Assembleia segue indefinida. A última chapa montada tem Guilherme Maluf (PSDB) e Ondanir Bortolini, o Nininho (PR), que disputam os cargos de presidente e primeiro secretário, respectivamente. Então, o primeiro secretário da chapa encabeçada por Emanuel Pinheiro (PR), Eduardo Botelho (PSB), abandonou a disputa com a justificativa de montar grupo de consenso. Ainda há a possibilidade de ser montada uma terceira opção, encabeçada por Zeca Viana (PDT).

 

Taborelli ressalta ainda que diante da falta de definição e de compromisso, não apoia nenhuma chapa, “devido a inexistência de líder que consiga sustentar-se honrosamente frente ao comando de um grupo para presidir a Assembleia, que possa divulgar publicamente sua intenção, bem como comportar-se com a firmeza de um líder positivo que tenha mais honra em servir à sociedade do que a uma pessoa ou a um grupo tão somente de forma dependente e escusa”, dispara o parlamentar.

 

 O ex-vereador por Várzea Grande sustenta ainda que as chapas criam factóides para a sociedade. “Percebo que na classe política, apesar da fala dos Líderes que as decisões sempre serão partilhadas e discutidas; vemos que sempre o líder não fala aos seus seguidores das decisões em conversas diretas; o fazem pela mídia”, salienta.

 

postagem-taborelli-mesa diretora assembleia.jpg

Tarso Nunes

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário