28/04/2014 - OS PIONEIROS DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA

28/04/2014 - OS PIONEIROS DE SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA

Mulher de fibra. Nascida em Mato Verde (Luciara-MT), nas barrancas do Rio Araguaia, Erotildes tem em suas veias um sangue borrado pela poesia, pelo amor ao poderoso Araguaia, pelo culto às tradições e ao folclore regional. De quebra ainda tem tempo para curtir filhos, família e netos.

Erotildes da Silva Milhomem é viúva de Matuzalém Pereira Milhomem, nascida em Luciara - MT, no dia 03/03/1939, filha de João Irineu da Silva e Enedina de Almeida. Mãe de 04 filhos residente em São Félix do Araguaia - MT. Professora aposentada e Ex Vice - Prefeita de São Félix do Araguaia - MT, no período de 82/89. Hoje faz parte da Academia de Letras Cultura e Arte do Centro Oeste, Cadeira 21. Co-Fundadora do Museu Histórico e Cultural Municipal de São Félix do Araguaia.

Escreveu o seu primeiro livro: “Meu Araguaia Querido” em 1985, o segundo livro: “Uma Menina do Araguaia” em 1990, o terceiro livro: “Maria Rita da Serra do Roncador” em 1996, o quarto livro: “Poesia do Araguaia” em 1998, o quinto livro: “Folclore do Araguaia” em 2000, o sexto livro: “Barreira do Araguaia” em 2002. Foi publicado uma segunda edição do livro “Poesia do Araguaia” em 2005. Escritora, Historiadora, Folclorista, Ambientalista, Artista Plástica, Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, Núcleo Regional de São Félix do Araguaia - MT.

Essa é uma pequena parte da história de sua vida e um pouco do que ela faz, para conhecer seus trabalhos e sua história leia os seus livros.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Escritora Erotildes e sua filha Maria Marta Milhomem

A escritora Erotildes da Silva Milhomem, de São Felix do Araguaia, já até enveredou pelos caminhos de um dicionário com vocábulos e expressões regionais que ela coletou ao longo das últimas três décadas aqui e em outras cidades da região. Esse dicionário, mesmo inédito, foi objeto de consulta por produtores e diretores da novela das 06, Araguaia, da Rede Globo.

O interesse de Erotildes Milhomem pela história de São Félix do Araguaia surgiu ainda em sua juventude. Nascida em Luciara, ela chegou a São Félix ainda uma menina e logo, segundo disse, seu talento para recitar poesias e o conseqüente interesse pelos livros, chamou a atenção de todos os moradores do povoado.

Boa escola nos tempos de sua juventude fazia parte do imaginário de muitos. Erotildes insistiu e disse ter sido ‘descoberta’ pelo historiador Valdon Varjão que a trouxe para Barra do Garças  de onde voltou aos 18 anos, professora e indicada para uma sala de aula no distrito. Estudou no Liceu de Goiânia, destacando-se como uma das melhores alunas de sua época.

Como professora Erotildes disse ter sido alvo da curiosidade de muitos que queriam saber sobre a origem histórica do município. “Comecei a tomar nota de tudo, como uma repórter” e tempo depois redigiu e enfeixou esse seu apanhado histórico no livro ‘Meu Araguaia Querido’, publicado pelo Centro Gráfico do Senado, em 1985, sob recomendação do senador Gastão Müller, de quem Varjão foi suplente.

Casada com Matuzalém Pereira Milhomem, Erotildes é filha do pioneiro luciarense João Irineu e Enedina Pereira da Silva. Exerceu o magistério por muitos anos e em 1981, na iminência de ser transferida compulsoriamente para Pontes e Lacerda abandonou a sala de aula. Foi fundadora, juntamente com Májari Seidl do Museu Histórico e Cultural do Centro Oeste, que fica em São Félix do Araguia.

Além de ‘Meu Araguaia Querido’ Erotildes publicou ainda, entre outros,  ‘Poesia do Araguaia’ e ‘Barreira do Araguaia’.  Ex-vice-prefeita da cidade, a autora é membro da Academia de letras, Cultura e Arte do Centro-Oeste, fundou em 1986 o Museu Cultural e Histórico do Centro-Oeste de São Félix do Araguaia onde preside  o núcleo local do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A escritora também possui tino para Artes plásticas

 

Redação: Sergildo Ribeiro Gonzaga

Departamento de Comunicação

 

Comentários

Data: 19/06/2014

De: Priscilla Moura

Assunto: Livro Menina do Araguaia

Admiro muito essa mulher, Dona Erotildes, sou neta da afilhada dela, Sonila Gomes e já li o livro "Uma menina do Araguaia" e sinceramente, não há pessoa melhor para descrever as maravilhas do Araguaia do que ela, mulher incrível.

Data: 07/05/2014

De: onofre lima filho

Assunto: admiração

Querida amiga Parabéns; conhecemos sua luta e admiramos muito pela péssoa que tu és. Abraços. Onofre e Didi.

Data: 07/05/2014

De: Bruno Milhomem

Assunto: Merecedora de admiração!

Somos 7 bilhões de pessoas no mundo, no meio de tanta gente existem pouquíssimos seres humanos merecedores de respeito e admiração, Erotildes da Silva Milhomem certamente é uma delas.

Data: 07/05/2014

De: Carlos Henrique Vilela Maia

Assunto: Parabéns

Parabéns Dona Erotildes pela bela História em São Felix do Araguaia e parabéns pela reportagem !!

Data: 07/05/2014

De: Luciléia Paiva

Assunto: grande mulher

Dona Eroltides um orgulho para Nossa cidade, uma grande mulher que só tem acrescentado para nossa cultura. Tive oportunidade de ler uma de.suas obras literarias, e recomendo, também tive o prazer de apreciar algumas das obras de artes feita por ela que estao no
museu e em sua residencia. O reporter araguaia esta de
parabens trazendo uma reportagem sobre essa grande mulher.

Data: 29/04/2014

De: Urutal

Assunto: Erotildes

E a filhinha pegando uma beirinha para aparecer né.

Data: 30/04/2014

De: Marta Milhomem

Assunto: Re:Erotildes

kkkkkkkkkkkkkkkk agora que vi essa reportagem "Urutal". Eu nem sabia. Na verdade, eu não preciso aparecer. Aparecer pra quê meu Deus?

Data: 09/05/2014

De: Márcia Tocashiki Rocha

Assunto: Re:Re:Erotildes

O que é mais admirável nessa mulher é a sua simplicidade e humildade, qualidades essenciais para quem saber ser GRANDE! Saudades!!

Data: 07/05/2014

De: Selmara

Assunto: Re:Urutal

Ola...Urutal..! A maninha nao precisa disso...ela ja tem seu brilho proprio...!!

Data: 29/04/2014

De: ADMIRADOR

Assunto: ESCRITORA EROTILDES

MUITO BOA ESSA INICIATIVA. VAMOS VALORIZAR AS PESSOAS QUE QUEREM O BEM E SE EMPENHAM PELA CULTURA E HISTÓRIA.

PARABÉNS DONA EROTILDES, CONTINUE SEMPRE ESSA GRANDE MULHER!

1 | 2 >>

Novo comentário