28/05/2014 - Acusado de arrancar dedo de mulher é preso suspeito de matar jovem queimado

Está preso na cidade de Água Boa (730 km de Cuiabá), o morador Flávio Lima da Silva. Ele é suspeito de estar envolvido no assassinato do usuário de entorpecentes Waslen da Silva Toledo, 21 anos, encontrado queimado no dia 16 de maio. 

A prisão aconteceu na sexta-feira (23) e na casa 
do suspeito, a polícia com apoio da Politec encontrou indícios da autoria do crime: marcas de sangue e uma pequena quantidade de drogas. A polícia de Água Boa está comparando os desenhos dos pneus de um carro apreendido com os rastros deixados no local onde o corpo de Waslen que era conhecido Ferruginha foi desovado. 

A vitima tinha deixado a cadeia há três dias após arrombar um estabelecimento comercial naquela cidade. Todavia a prisão de Flávio foi motivada por outro crime. 

Flávio é suspeito de participar de uma sessão de torturas a uma jovem de 19 anos (usuária de drogas) que teve o dedo decepado com alicate na noite de 28 de fevereiro para 1 de março. A prisão dele foi decretada pela Justiça de Água Boa e cumprida pelos policiais na manhã de sexta-feira. 

 

Ronaldo Couto Colaboração: Água Boa News.

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário