28/05/2015 - Taques mostra potenciais de MT a chineses e aposta em investimento em infraestrutura

A convite do governador Pedro Taques, o embaixador chinês Li Jinzhang deve organizar uma expedição de empresários chineses para que eles conheçam de perto as potencialidades de Mato Grosso. Os números apresentados por Pedro Taques durante um jantar na noite desta quarta-feira (27) na casa do embaixador, em Brasília, surpreenderam as autoridades daquele país. O governador mostrou os dados positivos da economia mato-grossense e ressaltou a importância de um sistema de logística moderno e eficiente para escoar a produção de bens de consumo e matéria-prima produzidos no Estado.

“Nós estamos pensando estrategicamente. Pensamos em Mato Grosso daqui a 10, 20, 30 anos. Somos o celeiro do país, campeão na produção de soja, milho, algodão e rebanho bovino. Já somos líderes da porteira para dentro das fazendas e agora queremos investir na expansão dos nossos produtos da porteira para fora”, disse Pedro Taques.

O embaixador chinês se mostrou entusiasmado com os números apresentados pelo governador. “Mato Grosso tem um potencial ilimitado. Sabemos que há um grande espaço para crescimento e existe uma necessidade para investimentos em áreas como infraestrutura”, disse Jinzhang durante o encontro, que teve ainda a participação dos secretários de Estado de Desenvolvimento Econômico, Seneri Paludo; de Comunicação Social, Jean Campos; do deputado federal Nilson Leitão; do prefeito Otaviano Pivetta, de Lucas do Rio Verde; e do senador Acir Gurgacz, de Rondônia.

Pedro Taques também falou da possibilidade de diminuir o tempo para escoar a produção de Mato Grosso via o Oceano Pacífico rumo à China. Taques explicou que, com uma ferrovia passando por Lucas do Rio Verde, pelo Estado de Rondônia e chegando ao Pacífico, os produtos mato-grossenses chegariam ao mercado consumidor asiático com 15 dias a menos do que o praticado atualmente.

“As informações que o governo chinês tem de Mato Grosso são muito convincentes para estreitarmos nossos laços”, completou Jinzhang. Ele frisou que existe uma grande expectativa para avaliar a possibilidade de acordos entre a China e Mato Grosso na área de infraestrutura e logística. 

 

 

ASSESSORIA / Gabinete de Comunicação

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário