28/07/2015 - Instalação de Usina Termelétrica no Araguaia é determinada por Ministério

O Ministério de Minas e Energia determinou nesta semana a instalação de uma Central Geradora Termelétrica em Querência para atender à região Nordeste de Mato Grosso. O prazo para instalação é de 90 dias.

A determinação do Ministério de Minas e Energia foi publicada no Diário Oficial da União, que circulou no último dia 22 de julho. Na publicação o Ministério declara “Reconhecer, de forma excepcional e temporária, a necessidade emergencial de geração de energia elétrica no montante de 20 MW, no Município de Querência, Estado de Mato Grosso”.

Ainda de acordo com a publicação do Ministério de Minas e Energia, a geração de energia será disponibilizada por uma Central Geradora Termelétrica, a ser outorgada a Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. As operações da usina deverão ser mantidas até 2019 ou “até a entrada em operação da Solução Estruturante para Suprimento às Cargas da Região do Baixo Araguaia”. A nova usina possui capacidade para atender 35 mil famílias.

O deputado federal de Mato Grosso e membro da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados, Fábio Garcia (PSB), destaca haver uma demanda por energia elétrica na região do Baixo Araguaia reprimida, o que leva a constantes quedas no fornecimento de energia elétrica.

O deputado mato-grossense chegou na última semana a percorrer o Araguaia para verificar as necessidades da região. “Por onde passei, os pedidos mais recorrentes foram infraestrutura, saúde e energia elétrica. Trata-se de uma necessidade emergencial. O Araguaia já desponta para a lavoura, mas se não houver investimentos em infraestrutura adequada jamais vai prosperar. Por isso comemoro este passo rumo ao desenvolvimento".

Confira aqui a Portaria nº 333, de 21 de julho de 2015, do Ministério de Minas e Energia que determina a construção da usina Termelétrica em Querência.

 

 

Olhar Direto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário