28/08/2015 - Governo dobra repasses para Hospital Regional de Água Boa

28/08/2015 - Governo dobra repasses para Hospital Regional de Água Boa

O Governo do Estado assinou um aditivo de convênio com o Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Araguaia (Cisma), na tarde desta quinta-feira (27.08), no Palácio Paiaguás. A parceria favorecerá aproximadamente 150 mil pessoas de 11 municípios da região. Entre os benefícios, o Estado garantiu o dobro do orçamento para o Hospital Regional de Água Boa, referencia no atendimento local.

A assinatura do convênio foi realizada no gabinete do governador e contou com a presença do secretário de Saúde, Marco Bertulio, do secretário do Gabinete de Articulação e Desenvolvimento Regional, Eduardo Moura, além de prefeitos e vereadores de sete municípios da região.

Segundo Bertulio, a regionalização da saúde é uma das principais estratégias do governo. No caso de Água Boa, o consórcio já vinha trabalhando bem e conseguindo suprir boa parte da demanda local. Os repasses para o hospital subiram de R$ 240 mil para R$ 480 mil. “A nossa intenção é criar condições para que a população possa ser atendida o mais próximo possível de onde ela mora”.

Bertulio afirmou que a SES está analisando uma ampliação para leitos de retaguarda e instalação de unidades de tratamento intensivo para o consórcio, o que facilitaria ainda mais o atendimento dos moradores.

Segundo o presidente do consórcio e prefeito de Água Boa, Mauro Rosa, com o novo convênio, que terá validade de seis meses, o Hospital, que atendia apenas o mínimo do básico, agora poderá prestar um atendimento mais digno para os pacientes. “Agora podemos fazer o básico e um pouco mais. Nós atendemos média e baixa complexidade, com várias especialidades, com isso, poderemos proporcionar uma qualidade melhor de atendimento, buscando mais profissionais para atender aquela localidade”.

O prefeito de Gaúcha do Norte, Nilson Francisco Aléssio, ressaltou a importância da descentralização da saúde, principalmente para Mato Grosso, que por conta da sua grande extensão territorial, possuí regiões muito distantes da Capital. “Longas distâncias e às vezes até para conseguir vaga é difícil. É difícil explicar isso para a família dos pacientes, eles não entendem. O Estado está fazendo um bonito papel, está levando recursos para melhorar os hospitais regionais”.

O Cisma é composto por 11 municípios. São eles: Água Boa, Canarana, Ribeirão Cascalheira, Bom Jesus do Araguaia, Serra Nova Dourada, Novo Santo Antonio, Gaúcha do Norte, Nova Nazaré, Cocalinho, Campinápolis e Querência.

 

 

Gustavo Nascimento

Redação/Gcom-Mt

Comentários

Data: 28/08/2015

De: Cidadao

Assunto: E quanto a Tangara da Serra e regiao?

Governador só ir a Tangara da Serra e nao fazer nada nao resolve. Vamos agir, gente!

Data: 28/08/2015

De: \Morador

Assunto: Pessoa e Pessoas


Na politica tem Pessoa e pessoas:

Pessoa igual esse prefeito BAU que só tem olhos para o beneficio parópio, não move uma palha para melhorar a saúde de são felix, espere malandro tua batata da assando.
Quando pensavam que não tinha administrador pior que o filemon, es que aparece essa individuo.

Novo comentário